Amélie Pichard Fall/Winter 2013 Collection

the CITIZENS of FASHION

“Dreamy but realistic, masculine but terribly sophisticated, Amélie Pichard makes shoes in her image : timeless, quite surreal, glamorous but fitted to everyday life.” – Amélie describes herself in her bio.

A.P. combines vintage inspiration with modern shapes and materials to create a collection that for sure will attract attention .

Ver o post original

E os EUA perderam novamente para um poste de Chávez

Ficha Corrida

Capriles no reconoce la victoria mínima de Maduro

Maduro tem vitória apertada na Venezuela

Com 99% das apuradas, chavista tinha 50,66% dos votos contra 49,07% de Capriles; diferença de menos de 300 mil votos

Sucessor de Chávez pede que oposição aceite os resultados sem arrogância, mas admite recontagem

FLÁVIA MARREIROENVIADA ESPECIAL A CARACAS

Na primeira vitória do chavismo sem Hugo Chávez, a Venezuela elegeu ontem o ex-sindicalista Nicolás Maduro, 50, para governar o país até 2019 com menos de 1,6 pontos percentuais de diferença do segundo colocado, Henrique Capriles, -resultado que tinha a possibilidade de ser duramente questionado pela oposição.

Esta foi a primeira vez desde 2005 que os opositores questionavam os números dos CNE (Conselho Nacional Eleitoral), a quem acusam de favorecer o governo, antes dos resultados, num desdobramento que pode mergulhar o país numa grave crise política pouco mais de um mês após a morte de Chávez, vítima…

Ver o post original 480 mais palavras

Quem levou tóxico a quem? A Globo não sabia de nada?

Ficha Corrida

Edição do dia 14/04/2013

14/04/2013 21h03 – Atualizado em 15/04/2013 00h06

“Não quero continuar sendo escravo da droga”, diz Casagrande após lançar livro

Na última terça-feira, Casagrande lançou um livro contando a sua história. Uma história muito dura mas com final feliz.

Esta semana foi marcada por um ilustre e querido personagem. Walter Casagrande Júnior, também conhecido como Casão,  ex-jogador  e  comentarista de futebol da Rede Globo.

Na última terça-feira, Casagrande lançou um livro contando a sua história. Uma história muito dura mas com final feliz.

Num depoimento honesto e revelador, Casagrande conta ao Fantástico como desceu até o fundo do poço das drogas.  E como foi que voltou, para contar essa história.

“O túnel do dependente químico é longo, muito longo e escuro. Mas tem uma luz lá no fundo do túnel, lá tem uma luz. É que você não vê, você não consegue enxergar a luz, porque você…

Ver o post original 1.150 mais palavras