Pivô da NBA faz história e assume ser homossexual

 

Pivô da NBA faz história e assume ser homossexual

 

segunda-feira, 29 de abril de 2013 14:20 [Nenhum Comentário]

 

Enviar para um amigo Imprimir

 

 

 


O veterano pivô Jason Collins, que defendeu o Boston Celtics e o Washington Wizards na atual temporada da NBA, se tornou o primeiro atleta em atividade nas quatro maiores ligas esportivas dos Estados Unidos (basquete, hóquei, beisebol e futebol americano) a assumir ser homossexual. Em artigo publicado no site da revista Sports Illustrated, o jogador norte-americano de 34 anos revelou que é gay.

“Não tinha a intenção de ser o primeiro atleta assumidamente gay jogando numa equipe de um grande esporte norte-americano. Mas, uma vez que seja eu, fico feliz de iniciar esta discussão”, escreveu Jason Collins. No texto, ele também disse que espera que sua iniciativa dê coragem para outros esportistas possam revelar publicamente que são homossexuais. E avisou que deseja continuar sua carreira na NBA.

Ao longo de 12 temporadas na NBA, Jason Collins defendeu seis equipes diferentes (New Jersey Nets, Memphis Grizzlies, Minnesota Timberwolves, Atlanta Hawks, Boston Celtics e Washington Wizards), com médias de 3,6 pontos e 3,8 rebotes por jogo. Envolvido numa troca, ele chegou à equipe da capital em fevereiro, mas seu contrato terminou ao final da temporada regular e agora está com futuro indefinido.

A iniciativa histórica de Jason Collins recebeu apoio imediato dentro do país. Principal dirigente da NBA, David Stern elogiou o veterano pivô por quebrar uma barreira como essa no esporte de elite dos Estados Unidos – até então, apenas ex-atletas já tinham assumido publicamente o homossexualismo. “Estamos orgulhosos de que ele tenha ocupado essa posição de liderança nesse importante tema”, afirmou o cartola.

Até mesmo Bill Clinton se manifestou para elogiar o veterano jogador, que foi colega de faculdade da sua filha Chelsea. “O anúncio de Jason é um momento importante para o esporte profissional e para a história da comunidade LGBT”, disse o ex-presidente dos Estados Unidos. “Espero que todos, especialmente os colegas de Jason na NBA, a imprensa e seus fãs deem a ele o apoio e o respeito que ele merece.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.