Sobre a Morte e a Vida

Arranha o Céu

a morteSempre quando alguém próximo morre começo a refletir sobre o assunto. Questiono o sentido da vida, a razão de muitas mortes tão prematuras. Doenças, acidentes, assassinatos. Percebo também o valor do tempo, o valor de viver cada dia de uma vez, de me preocupar em ser feliz hoje. Quem coloca a felicidade no futuro pode nunca alcança-la.

Eu já tive medo da morte. Medo de envelhecer sozinho. De não deixar um legado para o mundo, ser esquecido, como se minha vida tivesse sido em vão. A gente tem medo de cada coisa né?

Hoje acredito, por causa do espiritismo , na reencarnação. E que nossa vida é uma escola: estamos na Terra para sermos pessoas melhores, evoluir moralmente. E enquanto não evoluímos o “suficiente” continuamos reencarnando. A ideia de um Deus que nos dá infinitas chances de melhora me parece justa. Em cada vida temos chances diferentes para aprender valores…

Ver o post original 180 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.