Julgamento de embargos sem previsão de tempo

País

Hoje às 20h14 – Atualizada hoje às 20h18

Julgamento de embargos sem previsão de tempo

Barbosa acha que sessões só começarão em agosto

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro+AAImprimir

Brasília –  Em rápida sessão administrativa realizada na noite desta quarta-feira (22/5), por proposta do decano Celso de Mello, os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram que o início do julgamento dos embargos declaratórios dos 25 condenados na ação penal do mensalão só ocorrerá 10 dias depois de o relator do processo, Joaquim Barbosa, se considerar “preparado”, e mandar publicar, no Diário da Justiça e no site do STF, a data do reinício das sessões.

Barbosa: "estou longe de estar preparado" 
Barbosa: “estou longe de estar preparado” 

Logo depois da reunião, Barbosa admitiu, ao ser indagado pelos repórteres, que as sessões para a discussão e votação dos embargos (apenas os declaratórios) só devem ser realizadas depois do recesso de julho do STF.

Duranta a sessão administrativa, ele disse aos seus pares que “estou longe de estar preparado” para levar já os recursos a julgamento, já que há peças de mais de 150 páginas.

A proposta feita pelo ministro Celso de Mello não estava na pauta da sessão administrativa, mas o decano pediu ao presidente do STF que “todos” (ministros, o chefe do Ministério Público, os réus e seus advogados) fossem informados do início do julgamento dos embargos com uma antecedência de pelo menos 10 dias, a fim de que se preparassem devidamente os seus votos, e não fossem surpreendidos pelo relator. No caso, o próprio ministro Joaquim Barbosa logo concordou com a proposta, assim como os demais ministros.

 

Tags: demais, depois, devem, jb, relator

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.