IGF – Imposto Sobre Grandes Fortunas: Regulamentação Já!!

by luizmullerpt

Impostos no Brasil

IGF – Impostos sobre Grandes Fortunas Foi introduzido no Brasil em 1988, através da Constituição Federal. Até hoje não foi regulamentado, motivo pelo qual ainda não é cobrado.

Vários são os motivos pelos quais o IGF não é criado, de verdade.

Na realidade este imposto não é criado porque o governo não tem interesse.

Dizem que este imposto provocaria uma fuga de investidores, causando uma revoada de capitais.

Dizem também que, caso o imposto fosse aprovado, os patrimônios se deslocariam para outras partes do mundo.

Mas esta história da fuga de capitais cai por terra, quando se toma como exemplo a França. Este país foi o que mais cresceu na Europa.

Sua Bolsa de Valores foi a que mais valorizou.

No entanto, lá existe um vigoroso imposto sobre fortunas.

O argumento de que os patrimônios se deslocariam para outros países é ridículo.

É dizer que os patrimônios possuem asas, que esses patrimônios já têm passaporte de saída, prontos para a fuga.

É dizer que o patrimônio transferido não seria taxado no país de destino, quando se sabe que na maioria dos países o tributo sobre o patrimônio é bem mais alto que no Brasil.

O verdadeiro motivo pelo qual este imposto não é regulamentado é porque este tributo é direto e intransferível.

Este é cobrado diretamente dos ricos, sem possibilidade de ser repassado.

É uma ameaça implacável ao patrimônio dos ricos; além disso, submeteria os maiores patrimônios ao controle, visibilidade e transparência Fica evidente que os argumentos são mentirosos. Isto demonstra que a não instituição do IGF, no Brasil, se deve ao fato de ele recair integralmente nas costas da elite mais rica da população.

Com informações do Portal São Francisco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.