GURGEL ABSOLVE “FAXINADOS” DOS TRANSPORTES

De saída do cargo, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, concluiu não haver provas contra o senador e ex-ministro Alfredo Nascimento (PR-AM) e o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), condenado no mensalão, da acusação de que comandariam um esquema de corrupção no Ministério dos Transportes.

As denúncias motivaram o afastamento da cúpula do PR do comando do ministério há dois anos e deflagraram a “faxina ministerial” no primeiro ano do governo Dilma Rousseff.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.