PARA ENGORDAR UM POUCO…

 
Pitadinha by Juliana  /  3h  //  keep unread  //  preview

Ele merece!

 
Delicious

TwitterFacebookLinkedInBufferMail

+TAG
 
E aí, gente, já tá tudo certinho pro almoço de dia dos pais amanhã? Sim, porque ele merece um dia especial, planejado com carinho, néam? Pra facilitar a vossa vida a Vitarellapediu e eu catei aqui algumas sugestões práticas e deliciosas para os papais do meu Brasil varonil porque eles merecem um almoço delícia, e você NÃO merece passar a manhã na cozinha! Sigam-me os bons:

 
 
Quem não viu, vale a pena ver de novo: Linguine Speciale Vitarella com pesto de couve pra servir junto com estes camarões ao molho de laranja que ó, promete! Receita aqui.
 
 
Outra opção muito prática, tipo mistura-tudo-e-manda-pro-forno é este macarrão, que fiz com Ninho Speciale Vitarella, presunto, queijo e molho de tomate. Tudo simples e delícia, receita facílima aqui.
 
 
E porque a hora da sobremesa é importante que tal um pavê da preguiça que fica pronto em minutinhos? Além de ficarem lindos né? Morango, chantily e farofinha de biscoitoTreloso de chocolate, nada mais simples, nada mais delícia =) Receita aqui.
 
 
E pra quem não tá com tanta preguiça assim, pode fazer torta de wafer: crocante por dentro e cremosinha por fora, nham! Esta eu fiz com mega wafer de chocolate e brigadeiroda Vitarella e fica um escândalo de boa! A receita tá aqui.
 
Gostaram? Agora djá pra cozinha =)
 
 
 
Delicious
 

EDITORA ABRIL

 
Blue Bus by Julio Hungria  /  3h  //  keep unread  //  preview

TRT suspende demissoes na Editora Abril, nv reuniao marcada para 2a feira

 
Delicious

TwitterFacebookLinkedInBufferMail

+TAG
 

Na noite desta 6a feira, dia 9, a Justiça do Trabalho decidiu pela suspensao das 71 demissoes de jornalistas da Editora Abril. O motivo é que nao houve acordo nas negociaçoes realizadas de manha entre dirigentes do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Sao Paulo (SJSP) e representantes da empresa.

Em caso de descumprimento da decisao judicial, a Justiça arbitrou uma multa diária no valor de R$ 50 mil, a ser revertida a favor do Hospital Sao Paulo, Hospital das Clínicas e Santa Casa de Misericórdia de Sao Paulo.

Nova assembleia com os demitidos, cuja dispensa foi suspensa pela Justiça, está prevista para ocorrer na 2a feira agora, dia 12, às 14:00, no auditório do SJSP, na Rua Rêgo Freitas.

O post TRT suspende demissoes na Editora Abril, nv reuniao marcada para 2a feiraapareceu primeiro em Blue Bus.

Fukushima : l’eau radioactive commence à être pompée

Fukushima : l’eau radioactive commence à être pompée

Le Monde.fr avec AFP | 10.08.2013 à 14h51 • Mis à jour le 10.08.2013 à 15h30

Abonnez-vous
à partir de 1 € Réagir Classer Imprimer Envoyer

Partager facebook twitter google + linkedin

 

Des travailleurs de Fukushima, chargés de contrôler le démantèlement de la centrale, inspectent la construction de barrières censées empêcher l'écoulement d'eau contaminée dans l'océan.
Des travailleurs de Fukushima, chargés de contrôler le démantèlement de la centrale, inspectent la construction de barrières censées empêcher l’écoulement d’eau contaminée dans l’océan. | REUTERS/KYODO

 

En réaction à l’annonce, mercredi 7 août, du déversement de plus 300 tonnes d’eau contaminée chaque jour dans l’océan Pacifique près de la centrale nucléairede Fukushima au Japon, la compagnie exploitante du site, Tokyo Electric Power (Tepco), a commencé à pomper vendredi 9 août l’eau souterraine radioactive.

Très critiqué au lendemain de la catastrophe nucléaire en mars 2011, Tepco, a précisé avoir creusé un puits et pompé 13 tonnes d’eau. “C’est une tâche urgente pour nous de pomper cette eau souterraine le plus vite possible”, a déclaré vendredi un porte-parole de Tepco.

Qualifiées de “situation d’urgence” mardi par l’Autorité de régulation nucléaire japonaise (NRA), ces fuites ont été estimées par Tepco, en termes de radioactivité, de 20 000 à 40 000 milliards de becquerels entre mai 2011 et juillet 2013.

Confrontée à un manque de moyens de traitement, de stockage et de confinement de cette eau, Tepco a dû reconnaître fin juillet, pour la première fois, qu’une partie de cette eau s’était déversée dans l’océan voisin, après avoir longtemps nié les faits.

Selon l’expert français Jérôme Joly, directeur général adjoint de l’Institut de radioprotection et de sûreté nucléaire (IRSN), l’impact environnemental de ces fuites d’eau contaminée resterait toutefois marginal par rapport à la radioactivité totale émise en 2011 au moment de l’accident.

UN DÉMANTÈLEMENT SUR PLUS DE QUARANTE ANS

Ces rejets dans le Pacifique n’étaient cependant un secret pour personne. En janvier par exemple, un poisson pêché près de la centrale présentait un niveau de contamination radioactive plus de 2 500 fois supérieur à la limite légale – au grand dam des pêcheurs de la région.

Ces fuites d’eau radioactive sont issues du refroidissement des réacteurs ravagés. De l’eau douce y est injectée en permanence pour les maintenir à une température inférieure à 50 ºC. Chaque jour, ces opérations produisent 400 tonnes d’eau hautement radioactive, dont une partie est stockée dans des réservoirs souterrains. Tepco a reconnu que certains d’entre eux fuyaient.

Les suites de la catastrophe nucléaire sont loin d’être stabilisées dans la centrale de Fukushima, où les incidents sur le chantier se multiplient, et où l’état des réacteurs endommagés, toujours à la merci d’un séisme, continue d’inquiéter. Le démantèlement complet des installations devrait prendre une quarantaine d’années, et l’Etat a déjà versé près de 30 milliards d’euros à Tepco, qui ont servi à sécuriser le site et à indemniser plus d’un million de victimes. Environ 3 000 ouvriers travaillent dans ce chantier de déconstruction, le plus grand de l’histoire du nucléaire. En juillet, Tepco a annoncé que 2 000 d’entre eux risquaient un cancer de la thyroïde.

Conceito de organização criminosa fragiliza privacidade

 BLOG DO ARRETADINHO

Conceito de organização criminosa fragiliza privacidade

Joaquim Dantas (noreply@blogger.com)

Sábado, Agosto 10, 2013, 9:52 am

BLOGS DE POLÍTICA

Conceito de organização criminosa fragiliza privacidade
 
Por Alexandre Martins e Guilherme Braga
 
Foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (5/8) lei que define o conceito de organização criminosa no Brasil. Até então, o país não dispunha de um texto legal que trouxesse uma definição específica do termo, e essa era uma dívida antiga da nação com o resto do mundo, pois, mesmo sem ter nada conceitual, em 2004 o Brasil ratificou a Convenção de Palermo, que previa diretrizes gerais de combate ao crime organizado transnacional.
A maneira como a nova lei foi redigida abre uma série de precedentes perigosos para que se cometam arbitrariedades. O texto prevê, por exemplo, a atualização de dados e itinerários dos passageiros de companhias de transporte, pelos últimos cinco anos. As informações estarão à disposição da Polícia, do Ministério Público e do Judiciário independentemente de autorização judicial. No entanto, a lei não especifica as circunstâncias nas quais esses órgãos podem acessar esses dados, aumentando as possibilidades de uma superexposição desnecessária, afastamento da privacidade e acesso à intimidade alheia.
Em uma investigação, e com a autorização de um juiz competente, é possível a utilização de medidas que invadem a esfera de intimidade dos cidadãos, como a realização de escutas telefônicas, quebra de sigilo bancário, entre outras medidas similares para solucionar o caso. A nova lei não impõe nenhuma especificação e nem exige autorização judicial para que haja o acesso às informações sobre os deslocamentos de qualquer indivíduo. Isso fragiliza totalmente a privacidade de qualquer cidadão, sem contribuir efetivamente para o propósito da lei.
Fica definida como organização criminosa a associação de quatro ou mais pessoas, com estrutura organizacional hierárquica e com definida divisão de tarefas entre seus integrantes, ainda que de modo informal.
O receio que se coloca é que, com base em uma norma tão aberta, o conteúdo da Lei seja desvirtuado, por exemplo, para punir uma atividade que não seja precipuamente criminosa, mas que em seu bojo cometa algum delito, como no caso de um presidente de uma empresa com atividades lícitas, mas que venha a subornar um fiscal para evitar autuações por irregularidades e três de seus funcionários, mesmo sabendo da fraude, não tomem nenhuma atitude, podendo se configurar uma organização criminosa, mesmo os funcionários não tendo participação nenhuma no ato de corrupção. Estes profissionais, que foram de certa forma coniventes com o ato de seu chefe, para manter seus empregos, podem responder pelo crime.
Sendo esta conceituação feita com o propósito de combater facções criminosas e facilitar o combate ao terrorismo, a amplitude deste texto pode tornar absolutamente corriqueira a condição de organização criminosa.
 
Alexandre Martins é especialista em direito criminal e sócio do Braga e Martins Advogados.
Guilherme Braga é especialista em direito criminal e sócio do Braga e Martins Advogados.

O que o Datafolha diz sobre Dilma 2014

 

O que o Datafolha diz sobre Dilma 2014

PAULO NOGUEIRA 10 DE AGOSTO DE 2013

 

A retomada da popularidade é uma notícia terrível para os adversários da presidenta.

Era previsível que a popularidade de Dilma se reerguesse depois dos protestos

Chances grandes para 2014

Era previsível que no calor das chamadas Jornadas de Junho a popularidade de Dilma ia cair.

Também era previsível que, passados os protestos, a popularidade de Dilma ia se reerguer.

É o que o último Datafolha está mostrando.

No auge das manifestações, o prestígio de Dilma baixou a 30%. Agora, subiu seis pontos percentuais.

Embora esperado, o movimento ascendente não foi uma boa notícia, naturalmente, para os adversários de Dilma.

A tendência é que o cenário anterior a junho vá se restabelecendo – e, com ele, o favoritismo enorme de Dilma nas eleições de 2014.

O maior partido de oposição, o PSDB, enfrenta a crise das propinas do metrô. Isso lhe tira da campanha presidencial o argumento que seus líderes mais têm usado nos últimos anos, com muito cinismo e poucos resultados: o da corrupção.

Resta, para eventualmente incomodar Dilma, Marina. Mas para Marina, considerando que ela viabilize sua candidatura, a maior vitória em 2014 seria ir para um hoje improvável segundo turno.

Sua Rede parece mirar mais 2018 do que 2014.

Vistas as coisas pelo ângulo de agosto de 2013, a disputa mais eletrizante de 2014 parece que vai se dar no governo de São Paulo.

Quanto o caso do metrô afeta Alckmin pessoalmente? Algumas pessoas consideram – discordo — que as acusações a Serra são uma forma de tentar preservar Alckmin.

Padilha pode surpreender?

Esta a questão. O programa Mais Médicos, obra dele, vai ajudá-lo. Os médicos rejeitam, mas o resto da sociedade, tirados os suspeitos de sempre, apoia.

Mais que tudo, o programa mostrou o descalabro da saúde pública nacional. Os brasileiros não sabiam que havia tão poucos médicos no Brasil. Ignoravam também que tantas cidades no interior do país simplesmente não contam com um só médico.

Demorou para que fosse discutida, num nível tão profundo, a medicina no Brasil? Que fossem estabelecidas comparações como o estilo de Cuba e o do Brasil?

Sim.

Mas antes tarde que mais tarde.

Serra ocupou o mesmo cargo de Padilha, e não promoveu um debate tão essencial ao país.

Padilha vai crescer.

São Paulo tende a ter uma das eleições mais animadas das últimas décadas.

SOMBRAS

 PSICÓLOGO ALBERTO BARRADAS » Feed

SOMBRAS

Psic. Alberto Barradas

Quinta-feira, Agosto 08, 2013, 11:30 pm

PSICOLOGIA

Tenemos nuestras sombras en la personalidad. Esos aspectos oscuros, a veces terribles de nosotros mismos. Nadie se escapa de tenerlos

Nuestras sombras nos hacen en algunos aspectos de nuestra vivencia, malas personas. No siempre somos buenos

Presumir que no tenemos problemas o que somos sanos totalmente desde el punto de vista psicológico, ya es una insania

De hecho nuestras sombras en nuestra personalidad son la causa fundamental de nuestros problemas en la vida

Son nuestras sombras las que nos arrebatan el amor o nos colocan a amar a quien nunca debimos

Cada quien es siempre perseguido por su sombra

A veces inseguros, a veces histéricas, ansioso, obsesivos, depresivos, adictos, todos tenemos nuestra pata coja

Ver la sombra duele, que no quepa duda de eso

Sin nuestras sombras seriamos perfectos y como la perfección no existe, no hay manera de escapar de nuestras maldades

Hay personas que se especializan en hacernos ver nuestras sombras. Esas personas duelen, molestan, provoca nunca más verlas, pero se necesitan

Nuestra rabia, mala educación, impulsividades agresivas, todas manifestaciones de nuestras más viles sombras

Cuando nos topamos de frente con nuestra sombra ella nos mira despiadada y malviviente diciendo: te tengo sometido

El arrepentimiento no exorciza nuestra sombra

Culpa, remordimientos, implorar perdón, todas las manifestaciones post actuación de una sombra en nuestra personalidad

Perdiste un amor? Tu sombra ganó la partida

La sombra goza ante el suicidio

Mientras más bondad quieras ejercer, mas lucharas contra tus sombras más perversas en la personalidad

La proyección es la mejor forma de ver tu sombra. Dime que ves en los demás, allí tienes de que sufres tu

La sombra nace de la división entre el amor esperado y el recibido, incluso desde el nacimiento

La sombra es el síntoma de una pulsión reprimida que por negativa se censura

Mientras vemos nuestras sombras no desaparecen. De hecho tomar conciencia de ellas más bien las reditúa

Mientras nos encontramos haciendo el bien, parte de nosotros invariablemente hace el mal

En los hombres, la inseguridad es su sombra más temida. En las mujeres su histeria. Son los dioses oscuros de nuestra personalidad

Si quieres conocer realmente a alguien, dile que muestre su sombra. Allí veras entonces con que tendrás que lidiar

Una forma de reconocer claramente tu sombra es observando el daño que haces. Si, tú haces daño, no creas que no

Hay quienes se jactan de sus sombras. De hecho hasta se vanaglorian de ver las sombras de los demás y restregárselos en su cara

No basta reconocer la sombra, ni siquiera mejorarla. Para darle luz a la sombra tienes que admitirla y ver el niño muy herido en ti

Es que al final solo somos eso, niños heridos, a veces mal queridos, así nos hayan amado con devoción

Es despiadado mostrar las sombras del otro cuando toda oscuridad personal nace de un proceso traumático, de un dolor, de una herida

Esa madre histérica que con sus obsesiones doblega la seguridad del niño y lo convierte en un adulto inseguro. No le podemos tener compasión?

Cuando vemos nuestra sombra en realidad lo que estamos viendo es nuestra más profunda herida. Nuestro grito de dolor

Es nuestra sombra la mayor demostración de nuestra vulnerabilidad, miedo, terror incluso. Nace del llanto nunca respondido

Cuando muestras la sombra de otro sin remilgos y hasta con desprecio, es tu propia sombra, tu propia herida, tu real miedo.

Mientras vivimos sin ver la sombra es como tener una herida que no duele pero que te desangra

Nadie ha superado su sombra, quien crea que está libre de ella, no se ha dado cuenta que nunca será totalmente bueno

Las sombras no se eliminan, se adecuan, se procesan a una estructura más funcional, menos peligrosa

Sombra eliminada en realidad es trauma ya indoloro. Es como una cicatriz que siempre estará allí, visible, pero ya no molestosa

Cuando no procesas tu sombra lo único que haces es repetir vivencias, infierno tras infierno

Dame tu sombra, te mostraré un dolido

Toda sombra es un reclamo imperioso de un llanto pidiendo amor y no encontrándolo. Al crecer, alguien pagará esa factura

Todos nosotros somos en realidad unos heridos por el amor. Nuestras sombras gritan esa verdad

Mientras más malo el individuo es, más herido se encuentra su niño interior. Ese bebe mal amado que no consiguió ni un gesto nutritivo

Como podemos procesar nuestra sombra? Lo primero es acercarnos al niño herido, pasarle una mano llena de amor

Como ser mejores personas? Siendo vulnerables, dóciles ante nuestros dolores, entendiendo que no somos tan fuertes

Como darle luz a la sombra? Alejándote de quien te la muestra de forma despiadada. Ese tiene que lidiar con su propia maldad

Una sombra procesada? Un perdón solicitado, una lagrima que honre, una sonrisa que diga paz y un beso de despedida

Una luz más nítida? Siente el dolor, no lo promuevas, aléjate y revísate. Al volver, aléjate

Todos podemos ser muy malas personas y aun así aparentar ser buenas. Ser tú en realidad? No pierdas de vista tu propia maldad

No tenemos defectos, tenemos dolores no aceptados que se convierten en nuestras más profundas sombras

Mientras aceptes que no siempre eres bueno, siempre lucharas por serlo

Revisa que ves negativo en los demás, observa lo que criticas, lo que más odias. Allí se encuentra tu sombra

La mejor forma de ver tu sombra es dándote cuenta sobre el por qué odias algo. Veras a un niño indefenso, dolido y con miedo

Si la sombra de otro de rompió el corazón, observa que sombra tuya lo escogió. Así funciona

Repites procesos? Sombras atacándote

La mejor forma de procesar tus sombras? Llora un rato por ti mismo, estírate, sonríe, sal a la calle y haz el bien

Quieres procesar tus aspectos negativos? Empieza a comprender y a tener compasión por los procesos de los demás

Si deseas ser mejor persona no mejores nada de ti, más bien intenta ver el dolor que causó lo que construyó el defecto

Ser mejor persona siempre cuesta, por qué? Porque implica ser vulnerables y compasivos cuando preferimos ser agresivos y defensivos

En psicoterapia tenemos una norma: si muestras le muestras la sombra hazlo con cuidado, con suavidad, puedes llevarlo al suicidio

Toda sombra va a implicar mucho trabajo y mucho dolor procesarla, no te desesperes, el resultado será una persona un poco más feliz

En lo personal pase de una persona sarcástica y agresiva a una vulnerable y sentimental. Duele más, pero me gusto mas así, más humano

Observa tus sombras, cuida tu niño herido, date amor del bueno y no te hagas daño. Solo así veras lo que es ser mejor persona

 

Archivado en: Uncategorized Tagged: buenomalopersonalidadprocesospsicología,

Queda da inflação devolve popularidade a Dilma. E agora, velha mídia?

 Blog do Esmael

Queda da inflação devolve popularidade a Dilma. E agora, velha mídia?

Esmael

Sábado, Agosto 10, 2013, 9:26 am

BLOGS DE POLÍTICA

 

Percentual dos que consideram seu governo ótimo ou bom passou de 30% para 36%, segundo o Datafolha; pessimismo com a alta de preços também caiu, diante dos indicadores recentes; otimismo em relação ao futuro da economia avançou; embora moderada, recuperação na popularidade da presidente deve ter reflexos na pesquisa presidencial que será divulgada ainda neste sábado; ao que tudo indica, ainda de acordo com a sondagem divulgada hoje, Dilma segue favorita e sem adversários para 2014.

Percentual dos que consideram seu governo ótimo ou bom passou de 30% para 36%, segundo o Datafolha; pessimismo com a alta de preços também caiu, diante dos indicadores recentes; otimismo em relação ao futuro da economia avançou; embora moderada, recuperação na popularidade da presidente deve ter reflexos na pesquisa presidencial que será divulgada ainda neste sábado; ao que tudo indica, ainda de acordo com a sondagem divulgada hoje, Dilma segue favorita e sem adversários para 2014.

do Brasil 247

 

A aprovação ao governo da presidente Dilma Rousseff voltou a crescer. Pela primeira vez desde o início das manifestações, uma pesquisa indicou recuperação de sua popularidade. Segundo o Datafolha, o percentual dos brasileiros que consideram seu governo ótimo ou bom passou de 30% para 36%.

É uma recuperação ainda moderada diante da queda de 35 pontos desde o começo dos protestos, mas pode ser o sinalizador de uma tendência.

De acordo com o Datafolha, o principal motivo para a retomada da confiança é a economia. O pessimismo com a inflação foi estancado. Os que acreditam que os preços irão subir eram 54% em junho e hoje são 53%. Ao mesmo tempo, melhoraram as expectativas em relação ao futuro. Hoje, 48% dos brasileiros acreditam que sua situação irá melhorar – eram 44% dois meses atrás. Em relação ao desemprego, houve também uma melhoria, com queda de cinco pontos entre os que esperam alta da desocupação – o índice foi de 44% a 39%.

Dilma tem ainda uma aprovação maior entre os mais pobres, de 41%. Na pesquisa, os que consideram o governo ruim ou péssimo foram de 25% a 22%. Entre os que apontam regularidade, o índice ficou estável, indo de 43% a 42%.

 

Merval, como Sarney, foi amestrado na Globo

 Feed de Ficha Corrida »

Merval, como Sarney, foi amestrado na Globo

Gilmar Crestani

Sábado, Agosto 10, 2013, 9:34 am

BLOGS DE POLÍTICA

 

Bomba! Estagiário assume lugar de Merval!

9 de Aug de 2013 | 15:10

Nunca foi tão divertido ler Merval Pereira! Em seu texto de hoje, o principal colunista político da Globo Overseas Investments B.V. (BV seria bônus de volume?), se ajoelha no milho e renega tudo que disse na véspera. Tive a impressão de ler o texto de outra pessoa, talvez um estagiário do próprio Merval, que teria sido internado às pressas com problemas de depressão.

Merval ontem: “Outro fato importante é que pessoas que tiveram acesso às mais de 1.500 páginas do inquérito garantem que os documentos, depoimentos e trocas de e-mails de executivos da Siemens em poder do CADE não citam uma única vez o PSDB e o governador Geraldo Alckmin. (…) Os delatores premiados da empresa também não citam nominalmente em nenhum momento os funcionários públicos da CPTM ou do Metrô como praticantes de atos ilícitos como recebimento de propinas e comissões em licitações públicas.”

Merval hoje: “(…) com relação à ação da Alstom junto à Empresa estatal de energia EPTE, contas bancárias já bloqueadas no valor de 7,5 milhões de euros, e diversos funcionários públicos identificados, além de lobistas com empresas de offshore que teriam sido os intermediários do pagamento de propinas, através de uma conta conjunta no Banco Safdié em nome de Jorge Fagali Neto e de José Geraldo Villas Boas. (…)

Fagali é ex-secretário de Transportes Metropolitanos de SP (1994, gestão de Luiz Antônio Fleury Filho) e teve diversos postos na administração federal nos governos do PSDB. Villas Boas é dono de uma das offshores acusadas de lavar dinheiro do esquema. Nesse caso da Alstom no setor de energia, a Polícia Federal indiciou várias pessoas, inclusive o atual vereador tucano Andrea Matarazzo que era Secretário de Energia estadual na época, e trata o caso como sendo um crime do partido político PSDB, como denunciou ontem o jornal Estado de S. Paulo: “esquema de pagamento de propina a integrantes do governo do Estado de São Paulo e ao PSDB pelo grupo francês Alstom.

Os mesmos personagens estão envolvidos em outras investigações em contratos da Alstom, além do conselheiro do Tribunal de Contas de São Paulo Robson Marinho, homem de confiança do ex-governador Mario Covas. Nas investigações sobre a ação da Siemens, dois ex-diretores da CPTM estão sendo investigados pelo Ministério Público paulista, além de dois “consultores” que teriam recebido depósitos em empresas “offshore”. (…)”

Merval ontem: “A ação individual de um político desonesto é menos danosa para a democracia do que a de um grupo político organizado, que se utiliza dos esquemas de poder a que chegou pelo voto para se eternizar nele. Foi o que aconteceu justamente no mensalão do PT (…) Se as investigações do caso Siemens em São Paulo levarem à conclusão de que o PSDB montou um projeto de poder em São Paulo desde o governo Covas, passando por Geraldo Alckmin e José Serra financiado pelo desvio de verbas públicas, estaremos diante de uma manipulação política com o mesmo significado, embora com alcance regional, enquanto o mensalão tentou manipular nada menos que o Congresso Nacional.”

Merval hoje: “(…) É nas investigações da Polícia Federal e do Ministério Público estadual que as questões criminais deverão ser desvendadas, para que fique esclarecido se as ações de corrupção ocorreram ao longo dos últimos 20 anos de governos do PSDB, se foram ações isoladas ou se correspondem a uma ação política do PSDB para financiar o partido durante esses anos todos de poder estadual. As evidências estão se avolumando nas revelações feitas nos últimos dias, e dificilmente o partido sairá imune desses episódios (…)”

Caso tenha sido a mesma pessoa que escreveu as duas colunas, a segunda nos parece que leu os jornais, enquanto a primeira sofre de algum tipo de delírio tucânico extremamente agressivo.

Bem, ironias à parte, sabemos muito bem que o velho Merval de guerra, sempre leal, confiável e obediente aos interesses de seus patrões, escreveu ambos os textos. A prova é que ele inicia a sua coluna hoje com uma defesa de José Serra que chega a ser constrangedora. Merval não tem sequer a dignidade de trazer dados ou documentos para embasar sua defesa.

Há vários furos nas declarações de Serra. O primeiro e mais gritante é que ninguém mais sequer discute que houve acordos sim entre as empresas, houve formação de cartel sim e houve participação direta sim da cúpula partidária. E agora o nome de Serra é citado como protagonista direto  de uma maracutaia. O tucano tem direito de se defender e gozar da presunção de inocência, embora estes princípios não tenham sido muito respeitados em nossa imprensa.  Mas um jornalista que se preza, diante de tantas provas, depoimentos e testemunhas (não mais indícios, ilações, domínios de fato), deve ter “dupla cautela” antes de acreditar tão inocentemente nas palavras de um acusado.

Por: Miguel do Rosário

Bomba! Estagiário assume lugar de Merval! | TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Filed under: ALSTOMIsto é PSDB!José SarneyMerval PereiraPrivataria Tucana,Privatas do CaribePrivatidoaçõesRede Globo de CorrupçãoRede Globo de SonegaçãoSiemens Tagged: Putaria Tucana