Mobilidade em SP: o impacto das novas faixas de ônibus

blog da Raquel Rolnik

Na semana passada, uma reportagem do Estadão resolveu testar, de ônibus e de carro, o trajeto de 23 quilômetros entre o terminal Capelinha, no extremo sul de São Paulo, e a Praça da Sé, no centro. O percurso inclui trechos dos novos 60 quilômetros de faixas exclusivas de ônibus recém-instaladas, como na Avenida 23 de Maio. De acordo com o jornal, a viagem de ônibus levou 1h50min, meia hora a menos que a de carro.

Um balanço divulgado pela CET na semana passada afirma que a velocidade dos ônibus no corredor norte-sul praticamente dobrou. Na última quarta-feira, entre 12h e 15h, ou seja, fora do horário de pico, a CET registrou velocidade média de 31,38 km/h nos ônibus, no sentido centro, de acordo com a Folha Online. Antes da faixa, a velocidade era de 15,85 km/h. A Folha diz ainda que, segundo a prefeitura, na semana passada, a velocidade…

Ver o post original 310 mais palavras

TEM SOLUÇÃO? ESTADOS BRASILEIROS AINDA RESISTEM EM CUMPRIR A LEI DO PISO DA EDUCAÇÃO PÚBLICA

Educação Política

TABELA COM O PISO DO MAGISTÉRIO POR ESTADO.
 Saiba quais estados brasileiros não respeitam a Lei do Piso
tabela piso salarial maio 2013
Uma das principais lutas dos trabalhadores da educação brasileira, a Lei Nacional do Piso do Magistério, promulgada em 2008 (Lei 11.738/08), ainda não é respeitada por 07 estados brasileiros. E outros 14 estados não cumprem integralmente a lei, o que inclui a hora-atividade, que deve representar no mínimo 1/3 da jornada de trabalho do professor.
Apenas Acre, Ceará, Distrito Federal, Pernambuco e Tocantins cumprem a lei na totalidade.
Confira a tabela.
Não pagam o piso:
Alagoas, Amazonas, Bahia, Maranhão, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul. 
Não cumprem a lei na íntegra: Amapá, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, São Paulo, Santa Catarina e Sergipe. 
Cumprem a lei na totalidade: Acre, Ceará…

Ver o post original 326 mais palavras

Perdão a países africanos impulsiona empresas brasileiras

Luíz Müller Blog

A renegociação de quase US$ 800 milhões (R$ 1,8 bi)em dívidas de nove países africanos, levada adiante pelo governo Dilma Rousseff neste ano, já tem rendido frutos para empresas brasileiras.

Bastante criticada no campo político por beneficiar governos de legitimidade questionável, a decisão de perdoar parte dos valores devidos por países africanos já abriu caminho para vendas brasileiras que superam em mais de 20 vezes os valores perdoados ao país comprador.

É o caso do Senegal, que, em março, teve descontados US$ 3 milhões dos US$ 6,5 milhões (R$ 14,8 mi) devidos ao Brasil. No mês seguinte, o governo do país comprou três aviões Super Tucano, da Embraer, e dois navios-patrulha, da Emgepron (vinculada ao Ministério da Defesa).

As duas compras envolverão um financiamento de US$ 120 milhões (R$ 273 mi) do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) –sendo US$ 67 milhões para os aviões e US$ 53…

Ver o post original 453 mais palavras

Kon-Tiki – Expedição Kon Tiki

Crítica (non)sense da 7Arte

kontiki3

O mundo é feito por pessoas obstinadas. De quem tem foco, ajusta o campo da visão e segue em frente. O filme norueguês Kon-Tiki conta a história de um homem obstinado, o explorador Thor Heyerdahl e a primeira grande aventura coordenada por ele. Um filme interessante pelas belas imagens, pelo roteiro e pelo trabalho dos atores, que trilham um caminho original e que foge do tom épico clássico dos filmes de Hollywood.

A HISTÓRIA: Céu azul e um cenário terrestre repleto de neve em Larvik, cidade da Noruega, em 1920. Aos poucos, uma fila de pessoas vai se aproximando da câmera. À frente do grupo, o jovem Thor Heyerdahl (Kasper Ameberg Johnsen quando ele tinha seis anos de idade, Pal Sverre Hagenquando adulto) que, obstinado por resgatar uma serra, se aventura sobre dois blocos de gelo. O grupo de crianças que lhe acompanha pede para que ele não…

Ver o post original 1.762 mais palavras