Fatia de importados na indústria é recorde

Afx Do Brasil

DESNACIONALIZAÇÃO AVANÇA HÁ 13 MESES E CNI APOSTA EM QUEDA DO REAL

 

A participação dos bens importados na indústria brasileira bateu novo recorde, nos 12 meses até junho: 21,1%, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O dado confirma a crescente desnacionalização da indústria do país, provocado pelo modelo baseado em câmbio valorizado, juros altos e abertura comercial.

 

Na comparação entre o primeiro e segundo trimestres, houve aumento de 0,1 ponto percentual, mantendo a trajetória de alta há 13 trimestres, como mostra o levantamento Coeficientes de Abertura Comercial.

 

Elaborado em parceria com a Fundação Centro de Estudos de Comércio Exterior (Funcex), o estudo aponta para o crescimento do coeficiente de penetração das importações em 12 setores da indús-tria de transformação, com destaque negativo para os segmentos farmacêutico, químico, de informática, eletrônico e óptico.

 

A CNI acrescentou que a valorização do câmbio nos últimos meses “amenizou o…

Ver o post original 133 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.