Mais Médicos: Alheias a embate ideológico, pequenas cidades comemoram vinda de médicos cubanos

bloglimpinhoecheiroso

Entidades representativas da categoria apelam a “trabalho escravo” e comunismo para se opor a chegada de profissionais, já a partir da próxima semana. Governo diz que questão é humanitária.

Nicolau Soares e Rodrigo Gomes, via Rede Brasil Atual

Secretários municipais de Saúde de cidades do Norte e Nordeste brasileiros estão animados com a possibilidade de a população receber atendimento médico por meio do programa federal Mais Médicos, independente da nacionalidade dos profissionais. Gestores públicos ouvidos pela reportagem da RBA destacam que o importante é a população ter acesso à atenção básica em saúde e apontam preocupações mais cotidianas e menos ideológicas sobre o processo. Os profissionais cubanos começam o atendimento às populações em 16 de setembro.

Segundo o Ministério da Saúde, os 400 médicos cubanos que atuarão na primeira etapa do programa, por meio de acordo firmado na quarta-feira, dia 21, entre o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana…

Ver o post original 2.046 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.