AULAS DE PARADOXOS: as “Canções Mexicanas” de Gonçalo M. Tavares

MONTE DE LEITURAS: blog do Alfredo Monte

gtavaresPV Rio de Janeiro (RJ) 27/08/2013 Capa de livro. Foto Reprodução

“Tem um plano de viagem?, pergunta-me ela mal acabo de entrar no quarto e largar os pesos acordados, como?, pergunto, estamos aqui para fornicar e ela pede-me um plano de viagem, que exótica e inteligente, penso, aqui vai o programa, digo, e começo a aproximar-me dela, a tocar-lhe nas mamas, e ela afasta-se e diz no, no, primeiro—e depois aponta lá para cima, para a cruz. Uma cruz de madeira pendurada na parede. Que quer ela, não entendo? Primeiro o quê,pergunto. Primeiro, besito, diz ela, e aponta para a cruz. Estamos no México e é preciso dizer que sim aos malucos…” (trecho de Um Plano)

(uma versão da resenha abaixo foi publicada originalmente em A TRIBUNA de Santos, em primeiro de outubro de 2013)

   “Pensa nisto: um pescador em frente ao rio, com a cana mergulhada na água, espera pacientemente que um peixe apareça. Entretanto, enquanto…

Ver o post original 3.248 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.