Esse santo quer reza

Blog do Gerson Nogueira

Por Kennedy Alencar

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, não deveria admitir que possa vir a disputar cargos eleitorais quando deixar o Supremo Tribunal Federal. Pela importância política e institucional, uma cadeira de Supremo demanda mais cuidado com as palavras e como elas podem ser interpretadas. “No dia em que deixar o Supremo, como entrei muito jovem, eu terei ainda tempo para refletir sobre isso (disputar eleição]. Acho difícil exercer a carreira no Supremo até os 70 anos. Eu não tenho no momento nenhuma intenção de me lançar candidato à Presidência. Pode ser que no futuro surja o interesse”, afirmou.

Barbosa lida com um caso delicadíssimo: o escândalo do mensalão. Há outros processos de enorme repercussão sob seus cuidados. Ao falar em seguir, eventualmente, carreira política no futuro, ele pode deixar que pairem dúvidas sobre atos seus no presente. Perguntado se tinha simpatia por algum candidato a presidente, disparou: “Muito difícil. O…

Ver o post original 137 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.