La adolescencia digital

UDUAL Press

Joven navegando por internet

Hace unos días Facebook género una fuerte controversia cuando anunció que permitiría que los menores de edad hicieran públicos sus mensajes de estado (o status updates, en inglés).

Quienes criticaron la medida acusaron a la red social de irresponsabilidad, y ésta dijo que tomaba muy en serio su seguridad, que la configuración predeterminada era privada, pero que los jóvenes de ahora conocían mucho de tecnología.

Pero en el fondo el debate parece ignorar las preguntas de fondo: ¿cómo usan los adolescentes la tecnología?, ¿cuál es su cultura digital? y¿qué sitios visitan?

Joven con un smartphone

Los jóvenes suelen compartir fotos de fiestas y eventos a los que asisten.

Los adolescentes de hoy (aquellos entre 12 y 17 años) son puramente digitales. Nacieron en un mundo con internet y han crecido de la mano de las redes sociales. Instagram, Facebook, Twitter, mensajes de texto, BBM, Vine y Snapchat son, han sido y serán sus…

Ver o post original 558 mais palavras

A Ley de Medios é constitucional

Blog do Renato

Por Intervozes e Opera Mundi

Suprema Corte da Argentina declarou a constitucionalidade da Lei de Serviços de Comunicação Audiovisual, aprovada em 2009. Na prática, a democracia venceu as corporações.

 Após décadas de lutas e quatro anos de batalhas judiciais, hoje, a Suprema Corte da Argentina colocou um ponto final na disputa que adiava a aplicação integral da chamada Ley de Medios, ao declarar constitucionais quatro artigos da lei – 41, 45, 48 e 161 – que vinham sendo questionados pelo setor empresarial.

Ao contrário do que pleiteava, sobretudo, o Grupo Clarín, um dos maiores da América Latina na área das comunicações, a Justiça argentina considerou que o direito à liberdade de expressão não é afetado pela Ley de Medios e que o regime de licenças estabelecido pela norma não coloca em risco a sustentabilidade econômica do grupo. A decisão era o passo que faltava para que a lei pudesse contribuir…

Ver o post original 1.595 mais palavras

David Bowie lança clipe com produção própria e gasto de US$ 12,99

PITANGA DIGITAL

Por João Paulo Levandeira.

David Bowie segue fomentando seu disco “Next Day”, mas desta vez de uma maneira desafiadora. É que o Camaleão do Rock disponibilizou o clipe da música “Love is Lost”, mas o detalhe é que o próprio dirigiu e editou o vídeo com apenas US$ 12,99, além da ajuda de um auxiliar. “Love is Lost” aparece em uma versão remixada, diferente da original. Para gravar as cenas, foi preciso apenas: os bonecos usados no clipe, um de madeira com as feições do cantor e outro que reproduz o seu rosto eletronicamente, estes foram resgatados de um arquivo pessoal de Bowie.

O único gasto, segundo o assistente Jimmy King, foi um cabo de USB para descarregar o vídeo da câmera que eles usaram para fazer a filmagem.

Dá uma olhada no resultado:

Ver o post original