Desigualdade escancarada: Demotucanos conseguem desmembrar o julgamento do trensalão

bloglimpinhoecheiroso

Bessinha_STF02

Ao contrário do que ocorreu na AP 470, tucanos conseguem desmembrar julgamento do propinoduto.

Paulo Moreira Leite em seu blog

Em agosto de 2012, no início do julgamento da Ação Penal 470, o advogado Márcio Thomaz Bastos colocou uma questão de ordem. Queria desmembrar o julgamento, separando os réus com direito a foro privilegiado – três deputados – e os demais 35, que teriam direito a serem examinados na 1ª instância. O pedido foi rejeitado por 9 a 2.

Na quarta-feira, dia 8, o ministro Marco Aurélio de Mello examinou a denúncia sobre o propinoduto tucano, que envolve corrupção nas obras do Metrô paulista. Marco Aurélio decidiu desmembrar o processo.

A decisão de quarta-feira não compromete a biografia de Marco Aurélio, que foi um dos dois votos a favor do desmembramento, em 2012. Mas mostra que a noção de que o STF iria “mudar a história” ao fazer o “julgamento do…

Ver o post original 1.500 mais palavras

Dom Salvador e Abolição 1971 ” Uma vida ” com participação especial de Elis Regina.

Mamapress

enviado pelo músico Paraná Bomfim

Apresentação de Dom Salvador e o grupo Abolição 1971.

Já se fez é coisa neste Brasil, mesmo debaixo da ditadura. 1970 era o tempo de uma nova consciência negra nascendo.

Hoje pode-se ver os netos por aí!

Ver o post original

Para brasileiros, pregar contra a homossexualidade é homofobia.

T!BG

Uma pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência/CNT (Confederação Nacional dos Transportes) mostra a opinião da população brasileira a respeito de temas polêmicos envolvendo religião e temas como aborto, uso de camisinha e homofobia.

O estudo foi realizado a pedido da revista Época tomando o depoimento de 2.002 pessoas de 141 municípios brasileiros entre os dias 5 e 9 de dezembro.

Dessas pessoas, 69% acreditam que o aborto fere os preceitos da sua religião, independente de qual seja, e 27% responderam que não fere.

Enquanto a maioria fala que o aborto vai de encontro com suas crenças, 73% acreditam que o uso da pílula anticoncepcional ou camisinha não fere os preceitos de uma religião.

The iBlogay - Pregação contra gays

Ainda relacionado ao sexo, os entrevistados, 61% deles, responderam que sexo antes do casamento também não fere os princípios religiosos, porém a homossexualidade dividiu opiniões: 45% afirmaram que ser homossexual vai contra a crença, 49% disseram que não.

Ver o post original 174 mais palavras

Brasil deve descriminalizar cafetinagem e cadastrar prostitutas, afirma jurista

Diálogos Políticos

A legislação ignora o direito à liberdade individual estabelecido na Constituição ao considerar crime a existência de casas de prostituição e o favorecimento a essa atividade, afirma o jurista Guilherme Nucci (foto). Quando defendeu em uma rede social o fim da proibição a esse tipo de estabelecimento, em 2012, não faltaram comentários de que a prostituição “atinge a família, instituição sagrada para Deus” e que “cabe ao Direito disciplinar atos tortos”. Em seu 27º livro, o recém-lançado Prostituição, Lenocínio e Tráfico de Pessoas (Editora Revista dos Tribunais), Nucci diz ainda que o Estado deve tutelar quem exerce a função e até criar um programa para aqueles que desejam sair do ramo.

Embora a prostituição não seja considerada crime no Brasil, o Código Penal tipifica uma série de penalidades para quem favorece a prática. Para o autor da obra, as proibições estão mais ligadas a questões moralistas do…

Ver o post original 434 mais palavras