Obras do arquiteto Santiago Calatrava apresentam falhas estruturais e de planejamento

Biblioteca da FAUUSP

Falhas em obras provocam derrocada do arquiteto Santiago Calatrava

Fonte: Folha de S. Paulo

SILAS MARTÍ
DE SÃO PAULO

Enquanto despencam pedaços da cobertura de azulejos da Ópera de Valencia, forçando há duas semanas a interdição do prédio desenhado pelo espanhol Santiago Calatrava, autoridades de Veneza também cobram valores do arquiteto por problemas na ponte da Constituição.

Na cidade italiana, R$ 1,5 milhão já foi gasto para reparar falhas na estrutura da ponte, que consumiu R$ 36 milhões até sua conclusão, há seis anos, três vezes o valor do primeiro orçamento.

Em Valencia, onde Calatrava nasceu, a prefeitura diz que “é problema dele” a conta de R$ 9,6 milhões para refazer a cobertura do Palácio das Artes, inaugurado há oito anos a um custo de R$ 1,5 bilhão -o arquiteto ganhou R$ 302 milhões pelo projeto.

Esses são só os capítulos mais recentes da derrocada de Calatrava, que responde a…

Ver o post original 493 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.