Carpinejar e o mais belo texto sobre o poeta Manoel de Barros

Aurora de Cinema Blog

O magistral Poeta gaúcho encharca de profunda beleza nossa sensibilidade, reafirmando-se como o mais importante poeta da literatura contemporânea a prestar a mais arguta, sensível, profunda e admirável Homenagem ao Poeta Manoel de Barros, falecido hoje.

Diga-se de passagem que Barros não está aí para os ditames do mercado. Inverte a escala do válido e do inválido. O que a sociedade de consumo preza, ele despreza, e vice-versa. Não está interessado em repetir o cotidiano, mas em reciclá-lo. Um carro no ferro-velho, de acordo com sua teoria, tem mais valor que um novo na concessionária. O carro é mais importante ao adotar besouros, atuando para uma atividade lúdica. Alheio à vida útil do objeto, dedica-se à vida espiritual que se inicia no fim prático, quando o objeto é rejeitado. “Todas as coisas apropriadas ao abandono me religam a Deus”(Livro sobre Nada).

Com você, leitor amigo do #BlogAuroradeCinema, o…

Ver o post original 1.817 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.