Resenha: Histórias do Bom Deus, de Rainer Maria Rilke

Falando em Literatura...

Minha amiga,

Um dia depositei este livro nas suas mãos, e a senhora pregou-o como ninguém antes o prezara. Acostumei- me assim a pensar que ele lhe pertencia. Permita- me então que eu escreva o seu nome, não só no seu exemplar mas em todos os exemplares desta nova edição; que eu escreva: “As Histórias do Bom Deus pertencem a Ellen Key.”

                                                                                         (Rainer Maria Rilke, Roma, abril de 1904)

A pessoa citada por Rilke, Ellen Key (Sundsholm, 11/12/1849 – Estocolmo, 25/04/1926) foi uma escritora sueca, feminista, pedagoga e visionária, muitas leis em favor das crianças e mulheres foram inspiradas nas ideias de Ellen. Rilke a tinha em muito…

Ver o post original 1.212 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.