Em cenário de julgamentos políticos, Lewandowski termina recesso e volta ao STF

A volta do presidente do STF ocorre logo após o ministro Gilmar Mendes, substituindo a presidência do TSE, tomar medidas de urgência para o julgamento de Dilma na Corte

Jornal GGN –

Sourced through Scoop.it from: jornalggn.com.br

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

A “obra” de Sérgio Moro já destruiu 14 mil empregos nos estaleiros

Luíz Müller Blog

Fernando Brito no TIJOLAÇO

maricachegando

O navio aí em cima, o Cidade de Maricá, é uma bela imagem, e está sendo completado a todo vapor, mas é uma exceção. Ele está atracado ao lado do Estaleiro Mauá, que vive o drama de uma pré-falência, mesmo com três navios tanque em seu cais, quase prontos, esperando os acabamentos para que possam levar derivados leves de petróleo. Estão parados, como parados estão os mil trabalhadores do estaleiro.

O Sindicato da Construção Naval divulgou, semana passada, os números do emprego nos estaleiros.

De dezembro a junho deste ano, os estaleiros, em todo o país, fecharam 14.472 postos de trabalho: o número de trabalhadores caiu de 82.474 para 68 mil, agora.

A quatro pessoas na família de cada trabalhador desempregado, são perto de 60 mil brasileiros  em dificuldades.

E uma inflexão na chamada “curva de aprendizado” essencial para o desenvolvimento tecnológico da construção de…

Ver o post original 196 mais palavras

Lava Jato: Delegado da PF denuncia adulteração de provas por parte dos colegas dele

Luíz Müller Blog

Mário Fanton, enviado a Curitiba-PR para investigar vazamentos nas investigações, delatou colegas da Polícia Federal que manipularam provas

Jornal Diário da Manhã

Matéria publicada nos diários Jornal do Brasil e Folha de S.Paulo mostram que delegados e agentes da Polícia Federal, simpatizantes da candidatura do senador Aécio Neves (PSDB-MG), manipularam provas na Operação Lava Jato, que apura suposta formação de cartel por empreteiras que fornecem à Petrobras.

Conforme reportagem da Folha, um delegado da Polícia Federal que foi a Curitiba apurar vazamentos da Operação Lava Jato relatou ter sofrido pressão dos colegas do Paraná e recomendou que a sindicância sobre a escuta na cela do doleiro Alberto Youssef fosse refeita.

Segundo também apurou o JB, a informação consta em um despacho interno do delegado Mário Fanton de maio, no qual ele afirma ter presenciado “uma participação direta do delegado de Polícia Federal (DPF) Igor Romário de Paula” e de outra…

Ver o post original 667 mais palavras