Marconi: ‘não queremos tocar fogo no circo’

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), afirmou que aceitou participar do encontro com a presidente Dilma Rousseff e demais governadores do país nesta quinta (30), em Brasília, pois “não confunde a instância do Executivo com a instância parlamentar”; “Somos de oposição, mas não somos contra o Brasil”, disse; “O meu papel e o de outros companheiros, como o Geraldo Alckmin, é o de governar. Para nós, quanto menos crise tiver, melhor. Queremos ajudar o país”, completou

Sourced through Scoop.it from: www.brasil247.com

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Anúncios

Raul Longo – Irmãos Marinho denigrem imagem do avô nos 90 anos de O Globo

Por Raul Longo* Alguém tem de ser tirado de circulação por mentira descarada: ou a Wikipédia ou os veículos de comunicação das Organizações Globo. Diz a redação do Jornal Nacional que com a morte d…

Sourced through Scoop.it from: quemtemmedodademocracia.com

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Messages on ‘Adi Guru Purnima’: The Tidal Effect of the Full Moon Generating FerroMagnetic Oscillations within Cellular Nano-Structures to Optimize High-Energy Post-Quantum Vibrations

Joy Roy Choudhury's Web Log

Wall Graffiti Anandamayi Maa Ashram Varanasi Photograph by J Wall Graffiti Anandamayi Maa Ashram Varanasi Photograph by J

Yellow full moon  guru purnima Yellow Full Moon Guru Purnima

“I am Shiva

 Nothing arises in me, 

 In whom nothing is single, 

 Nothing is double, 

 Nothing is , 

 Nothing is not! 

 What more is there to say?”

– From Astavakra Gita

           

 

“Asato ma sadgamaya

Tamaso ma jyotirgamaya

Mrtyorma amrtam gamaya”

Lead me from the asat to the sat.

Lead me from darkness to light.

Lead me from death to immortality.

(Brihadaranyaka Upanishad — I.iii.28)

“The guided tour/I am a guide to the labyrinth        

Hara Gouri Bhander                                                  Hara Gouri Bhander

city is inside of body made manifest

meat organs and electrical

power plants…

…………………

give form to the passing world 

Freeways are a drama, a…

Ver o post original 508 mais palavras

Vazamento seletivo e a narrativa de acusação

A verdade sobre Vaccari

É preciso exigir que a Polícia Federal puna com rigor e de forma efetiva os vazamentos e privilégios a determinados veículos de comunicação e até criar órgãos de controle externo para tal

Por Pedro Estevam Serrano*, na Carta Capital

O recorrente vazamento de informações não é exatamente uma novidade. Ao contrário, durante praticamente todas as operações de grande repercussão conduzidas pela Polícia Federal, ao menos desde o final do governo FHC, praticou-se, em menor ou maior grau, vazamento privilegiado de dados e documentos sigilosos das investigações para veículos da grande mídia.

O que surpreende, no entanto, é que essa prática perdure e, uma vez que não é coibida nem punida, acabe por ser estimulada. Aliás, parece que ninguém mais questiona sua legalidade ou, quando o faz, é advertido com a argumentação de que a imprensa é livre.

É verdade que a imprensa é livre para publicar informações que venha a…

Ver o post original 704 mais palavras