‘Assim como pagou para golpistas em 1964, Fiesp se alia a Eduardo Cunha’

Participação ativa da entidade na defesa do impeachment e pesquisa que aponta apoio esmagador a golpe não são novidade, lembra ex-presidente da Comissão da Verdade de São Paulo, Adriano Diogo

Sourced through Scoop.it from: www.redebrasilatual.com.br

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

As certezas e as incertezas do caso Cunha. Por Paulo Nogueira

Na imensa confusão que reina em Brasília com o mandato de apreensão em busca nas casas de Eduardo Cunha, há alguns fatos inegáveis. O primeiro é que o dia foi péssimo, inegavelmente, para Eduardo Cunha. Numa única manhã, ele acordou com a PF em sua residência oficial e viu, poucas horas depois, ser aprovada na sua Câmara a continuidade do processo que deverá cassá-lo. Quer mais? Isto posto, vem o segundo fato. A esta altura, quanto pior a situação de Cunha, melhor a de Dilma. Cunha é o motor, é a alma, é a cara do impeachment. Por mais que Aécio, FHC e demais golpistas tentem agora se livrar da imagem de sócios de Cunha, a sinistra aliança já ficou suficientemente exposta aos olhos dos brasileiros. Coloque no Google Imagens as palavras Eduardo Cunha e Aécio e você verá múltiplas fotos dos dois companheiros, com o sorriso maligno de conspiradores. Enfraquecido Cunha, murcham junto seus parceiros no crime de lesa democracia. É absolutamente impossível, agora, dissociar o processo de impeachment da figura odiosa de Eduardo Cunha. Basta dizer isto: sem ele não teria sido aceito um pedido de impeachment tão brutalmente fajuto. Temos então o seguinte: a campanha pela deposição de Dilma sofreu uma enorme derrota com a Operação Catilinárias. Enfileirados os fatos, vamos agora às questões que emergem. A mais importante é esta: por que se demorou tanto para um mandato de apreensão e busca nos domínios de Cunha? Entre as provas acachapantes enviadas às autoridades brasileiras pelos suíços e a operação desta manhã transcorreu uma eternidade. Livre, ele teve tempo suficiente para arremessar o país a uma crise política com terríveis consequências para a economia. Pessoas perderão o emprego, empresas quebrarão ou postergarão investimentos – tudo por conta da mão satânica de um gangster político sem nenhum limite. Quem pagará por isso? Num mundo menos imperfeito, a conta seria entregue a quem sustentou Cunha em sua louca cavalgada, a neo-UDN, o PSDB. Cunha não se elegeria tão facilmente presidente da Câmara, com o propósito de infernizar Dilma e auferir lucros pessoais, se o PSDB tivesse tido a decência de lutar para impedir que um sujeito como ele chegasse ao terceiro posto mais importante da República. Mas há tempos o único objetivo dos tucanos na política se resume ao clássico “quanto pior, melhor”. Não há vestígios de grandeza nas ações do PSDB. O atraso monumental do ataque a Eduardo Cunha deu a ele tempo infinito para se livrar, com folga, de qualquer coisa comprometedora. Um amigo me perguntou: o que a PF encontrou na casa dele? Minha resposta foi instantânea: sua mulher. Para alguns, foi mais um indício de que ele não serve mais para as intenções golpistas da plutocracia. Dias atrás, editoriais do Globo e da Folha – com o mesmo atraso impressionante da Catilinárias – pediram a remoção de Cunha. Ainda que isso seja em parte verdade, não elimina o fato que a ação tem um efeito simbólico: Eduardo Cunha é um morto vivo na política, um pária que conseguiu reunir o ódio, a repulsa de pessoas de petistas e antipetistas. Tirá-lo da cena agora não fortalece os adeptos do golpe. Se este foi o objetivo, como alguns pensam, é um ato meramente de desespero. Por que é tarde demais para desvincular a imagem de Cunha do golpe. Cunha é o golpe, em toda a sua sordidez.

Sourced through Scoop.it from: www.diariodocentrodomundo.com.br

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Trevas no rumo da Saúde Mental: ministro critica influência de Foucault e indica psiquiatra que dirigiu casa de horrores; “a comida não daria para meus cachorros” – Revista ConsciênciaNet: acesse a…

Por Conceição Lemes A política brasileira de saúde mental, álcool e outras drogas é hoje reconhecida internacionalmente. Ela é resultado de uma mudança radical na abordagem e atendimento de pessoas portadoras de transtornos mentais, a partir da Lei da Reforma Psiquiátrica (nº 10.216/2001), aprovada no governo Fernando Henrique Cardoso. Explico. Praticamente em todos os países(…)

Sourced through Scoop.it from: consciencia.net

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Depois da lama, Samarco da Vale continua na linha do desrespeito

do MAB – Movimento dos Atingidos por Barragens Para repor máquina de lavar, Samarco exige que idosa prove incapacidade de torcer roupa Na madrugada do dia 6 de novembro de 2015, Teófila Siqueira e Francisco Marcelino recebiam ansiosos as notícias que vinham dos moradores do distrito de Gesteira, o mais atingido na zona rural da cidade de Barra Long

Sourced through Scoop.it from: jornalggn.com.br

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Boechat liga para Cunha. E o telefone está na PF. O dono, ainda não…. – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Sobre o post anterior, da apreensão do celular de Eduardo Cunha, o apresentador Ricardo Boechat, da BandNews, ligou no ar para o número e…caixa postal. Inacreditável que um cidadão nestas condições seja o responsável…

Sourced through Scoop.it from: tijolaco.com.br

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Conselho de Ética abre processo contra Cunha

Por 11 votos a 9, o relatório preliminar do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), que estabelece a abertura do processo disciplinar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, foi aprovado; agora Cunha terá 10 dias úteis para apresentar sua defesa escrita; o prazo começa a correr depois que o deputado for notificado; decisão fica para 2016; alvo de operação da Polícia Federal nesta terça-feira, Cunha pode anunciar sua renúncia à presidência da Câmara em coletiva de imprensa

Sourced through Scoop.it from: www.brasil247.com

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Ela avisou…

A presidente Dilma Roussef afirmou em seu discurso de posse que “A luta (…) contra a corrupção, e principalmente contra a impunidade de corruptos e corruptores, ganhará ainda mais força (…)” e vem cumprindo; por isso que ninguém reclame, ela avisou

Sourced through Scoop.it from: www.brasil247.com

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

Cunha no futuro

Para Paulo Moreira Leite, as consequências políticas da operação de busca e apreensão nas residências do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, nesta terça-feira “são claras: mais cedo do que parecia, Cunha deve ser inutilizado como protagonista da tentativa de impeachment contra Dilma Rousseff e a partir de agora deverá ser forçado a cuidar da própria sobrevivência; “É de se notar que a operação ocorre dois dias depois que a Folha de S. Paulo e o Globo publicaram editoriais registrando que a situação política de Eduardo Cunha se tornara insustentável”, destaca o jornalista, acrescentando que agora “as articulações para forçar sua substituição ganham novo impulso”; “Planeja-se que seja substituído por um carrasco de rosto respeitável, encarregado de cumprir uma tarefa que continua essencialmente a mesma — afastar uma presidente contra a qual não há um fiapo de prova”, completa

Sourced through Scoop.it from: www.brasil247.com

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

A casa caiu

“Um ministro do STF não autoriza a Polícia Federal a realizar buscas nas casas e no gabinete de um presidente da Câmara dos Deputados por um motivo trivial. Ele só toma uma atitude dessa gravidade quando há fortes indícios de que ali estão as provas dos crimes que decretarão a sua prisão”, diz o colunista Alex Solnik; “Cunha vai alegar que essa é mais uma prova de que ele é vítima de perseguição do governo, mas nem os microfones acreditam mais no que ele fala”, prossegue o colunista, que faz ainda uma provocação ao principal incitador do movimento golpista; “E o Aécio? Qual será seu discurso agora? Continua apoiando Cunha?”

Sourced through Scoop.it from: www.brasil247.com

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!