República de Congonhas

“Minha primeira hipótese é que o plano original era, depois do interrogatório, embarcá-lo num voo para Curitiba”, diz o colunista Alex Solnik; “E que o plano teria sido abortado quando Moro percebeu a reação popular dentro e fora do aeroporto a favor de Lula, a demonstrar que se ele não entregasse Lula ali em Congonhas mesmo de volta à liberdade as consequências seriam imprevisíveis”; segundo o jornalista, Moro não cometeu apenas o erro grosseiro da condução coercitiva; “O erro que ele cometeu foi ter colocado tropas na rua para cercar locais e levar a depoimento pessoas totalmente inofensivas, barricadas na frente do Instituto Lula protegidas por homens em uniforme de campanha, exibindo metralhadoras”

Sourced through Scoop.it from: www.brasil247.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.