Parlamento turco aprova fim da imunidade parlamentar — ISAPE

Na última sexta-feira (20/05), o Parlamento da Turquia aprovou o fim da imunidade parlamentar. A emenda constitucional teve 376 dos 550 votos, a maioria sendo do partido Partido da Justiça e Desenvolvimento, o mesmo do presidente Recep Tayyip Erdogan. Opositores da lei afirmam que esta, além de aumentar os poderes presidenciais, será utilizada para retirar o mandato de deputados curdos, sob […]

via Parlamento turco aprova fim da imunidade parlamentar — ISAPE

Greenwald: mídia terá que começar a dizer golpe | Brasil 24/7

Primeira repercussão internacional sobre a gravação em que o ministro Romero Jucá confessa que o impeachment foi uma armação para que os políticos se safassem foi devastadora; jornalista Glenn Greenwald, do Intercept, afirma que as transcrições contêm “duas revelações extraordinárias que podem levar toda a imprensa a considerar seriamente chamar o que aconteceu no pais de ‘golpe'”; segundo Greenwald, a primeira, que Jucá disse que as forças armadas do Brasil apoiam a conspiração; e a segunda revelação é a declaração de Jucá de que assegurou o envolvimento de juízes na Suprema Corte do Brasil; “Um golpe parece, soa e cheia exatamente como esta recém revelada conspiração: assegurando a cooperação dos militares e das instituições mais poderosas para remover uma presidente democraticamente eleita por motivos egoístas, corruptos e ilegais, para então impor uma agenda a serviço das oligarquias e rejeitada pela população”

Fonte: Greenwald: mídia terá que começar a dizer golpe | Brasil 24/7

Governo Temer foi “eleito” para obstruir a Justiça | Brasil 24/7

Temer é o primeiro ministro do chefe da verdadeira quadrilha que ataca o Brasil, Eduardo Cunha. O foco claro: se “ela” cair, acaba

Fonte: Governo Temer foi “eleito” para obstruir a Justiça | Brasil 24/7

Chaplinmania: A Busy Day (1914) — Canadian Cinephile

In this feature, I’ll be taking a look at the films of Charlie Chaplin. I’ll be including the shorts (where possible) and will hopefully delve into what makes him such an indomitable social and cultural figure to this very day. As with my Hitchmania feature, my approach will be somewhat haphazard. Things will run chronologically […]

via Chaplinmania: A Busy Day (1914) — Canadian Cinephile