Time and roses

Jane Dougherty Writes

The Daily Post prompt is: Clock

1024px-2007_rote_Rose

Spring nights when we’d meet by the lake,

I’d watch for the first stars to wake,

Impatient for vespers to chime,

The clock on the wall marks the time.

You planted a seed that would grow,

As fast as a spring river flow,

Such true love could not be a crime,

The clock on the wall marks the time.

At midsummer you would return,

You told me, but much as I yearn,

The rose trees are furred with cold rime,

The clock on the wall marks the time.

Ver o post original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.