Trump: um Richard Nixon na decadência do imperialismo norte americano

Teoria e Práxis

Por que um discurso realizado por um candidato a presidente dos Estados Unidos em 1968, retornaria na boca do direitista Donald Trump em 2016? “Fazer a América grande de novo”, “Lei e Ordem”, foram também as frases fortes do ex-presidente americano, Richard Nixon, em sua campanha em 1968, ano marcado por levantes da juventude e processos revolucionários pelo mundo, pela Guerra do Vietnam, e por um Estados Unidos marcado pela revolta da população negra com o assassinato de Martin Luther King Jr, símbolo da luta contra o racismo, gerando um despertar de uma série de manifestações.

Se as condições na luta de classes não são as mesmas, é fato que as atuais eleições Americana marcam uma virada histórica desde a crise econômica aberta em 2008 e um resultado e expressão da decadência do Imperialismo Norte Americano. Trump, um candidato abertamente xenofóbico e militarista é expressão da crise dos partidos tradicionais…

Ver o post original 892 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.