o queijo imortal — ALINE-SE

seu Cheiro ficou nadando no meu nariz depois que você foi embora até o canto mais fundo já perto do crânio me fazendo botar a mão no rosto não sem certo desespero, querendo tirar o cheiro de mim e ele lá impregnado quando acordei no dia seguinte com resquícios seus. trôpega tentei terminar o livro […]

via o queijo imortal — ALINE-SE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.