X-Ciência – Como o Flash atravessa paredes?

Por Marcelo Rubinho

– Todos os cálculos a seguir são apenas aproximações.

– Usaremos apenas física básica para facilitar a compreensão e a diversão.

– Os valores de incerteza são calculados de modo estatístico por propagação.  

– Não tente isso em casa; esses cálculos são feitos por profissionais.

 
A pergunta da vez foi enviada pela galera do grupo do Facebook Cosplay Ocidental. Quem quiser rir muito deve conversar com esse pessoal, pois tem discussões de alto nível!
sp22Os fãs antigos vão lembrar da maravilhosa edição Superpowers #22, que é referência para entender um pouco melhor as diferenças básicas entre os “Flashes” e introduzir os poderes dos velocistas.

Além de realmente recomendar essa edição, eu digo que é uma boa pedida para aqueles que (por conta da série de TV) queiram conhecer mais sobre o corredor escarlate.

Claro que após o polêmico Novos 52 muita coisa mudou, mas a base é essa.

Enfim…

Ver o post original 930 mais palavras

Conheça “ELA”, a cerveja artesanal feita somente por mulheres

Best Beer

Assim como o futebol, quem nunca ouviu falar que cerveja é coisa de homem? Inclusive é essa a mensagem que marcas famosas da bebida costumam passar em seus comerciais. No entanto, essa afirmativa – tão comumente dita – parece não ter mais espaço no mercado cervejeiro. As mulheres, além de mostrar que entendem da degustação, agora também estão ocupando o seu espaço como produtoras.

O coletivo ELA (Empoderar, Libertar, Agir) é o responsável pela iniciativa. O grupo é composto por mestres cervejeiras, sommelieres, professoras, juízas de concursos, apreciadoras, empresárias e especialistas de vários estados do Brasil. A união dessas mulheres aconteceu por um propósito em comum: desmistificar o machismo no mercado cervejeiro – seja em rótulos, campanhas publicitárias, produção da bebida ou ainda no tratamento que muitas mulheres recebem como consumidoras.

A mobilização teve início no mês de maio, logo após a divulgação de um novo rótulo de cerveja que explorava negativamente a imagem de…

Ver o post original 224 mais palavras

Coletivo resiste a indústria cultural e agita o profundo da capital com produções ‘perigosas’: ‘É Noís Q Faiz mesmo’

Grito na Luta

Jean Albuquerque

Os grupos culturais que resistem no cenário periférico são cada vez mais escassos em Maceió – uma das capitais mais violentas do mundo ocupando o 18º segundo ranking da ONU. O Mapa da Violência no Brasil mostra a capital alagoana em 2016 com 898 pessoas mortas nos últimos 6 meses, dentre elas apenas duas pessoas eram brancas.

A produtora alagoana, Noís Q Faiz, vem driblando as dificuldades, a falta de incentivo do poder público e há quase dois organiza o evento N´Agulha na periferia, além de outras atividades voltadas para a cultura Hip Hop.

De acordo com um dos integrantes da produtora, Diego Verdino, a ideia inicial era fazer um evento e movimentar o cenário cultural local, mas aí veio o lançamento de uma coletânea e outras atividades buscando sempre a profissionalização.

QUINZE.jpg Diego Verdino – Foto: QUINZE

“Buscamos sempre melhorar e profissionalizar nossas atividades da melhor forma possível. Trabalhamos em…

Ver o post original 359 mais palavras

Polícia Federal “escolheu” dia da operação de câncer da mulher de Mantega para prendê-lo – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Fonte: Polícia Federal “escolheu” dia da operação de câncer da mulher de Mantega para prendê-lo – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Moro, jagunço do Império

SENHOR X

Fernando Rosa

“O advogado de Mantega, José Roberto Batochio, disse que o ex-ministro foi preso no  hospital Albert Einstein, no Morumbi, Zona Sul de São Paulo, onde estava com a mulher, que passou por uma cirurgia. “Ele está sendo retirado da sala de cirurgia por policiais nesse momento”, disse Batochio ao G1 às 7h50″.

A prisão reativou a Operação Lava Jato que estava parada e sinaliza nova ofensiva contra Lula. Dois dias antes, o juiz Sérgio Moro aceitou a denúncia e indiciou o ex-presidente. A nova fase da operação é desencadeada depois de Moro “dar palestra” nos Estados Unidos. Na ausência dele, os procuradores encaminharam a denúncia sem provas. Um roteiro de filme de quinta categoria sobre ações da CIA.

A prisão de Guido Mantega revela com mais profundidade o caráter americano do golpe de Estado no Brasil. A ação expõe o grau de perversidade da perseguição a Lula e a tudo…

Ver o post original 237 mais palavras