Dois dedos acima da lama

Tendências do imaginário

trachtenbuch-des-christoph-weiditz-germanisches-nationalmuseum-nurnberg-1530s Fig 01. Dança mourisca. Trachtenbuch, de Christoph Weidiz. 1530s.

Tenho-me distraído à procura de documentação sobre a música e as danças mouriscas. Encontrei no livro Trachtenbuch (c. 1530), de Christoph Weiditz, uma série de gravuras, retratando mouriscos (ver Figuras 1 e 2). Mas o que cativou o olhar foram os socos (patten), partes de calçado relativamente elevadas sobre as quais se colocavam os sapatos. Lembram os patins. Os socos protegiam os sapatos, frágeis e caros, da lama e dos detritos das ruas. Outro uso fazia a nobreza, mais estéticas e estatutário. Em casos extremos, os socos eram tão altos que a pessoa não conseguia andar sem apoio (ver Figuras 4). Conhecia o uso medieval dos socos. Desconhecia estas ilustrações.

morisco-llevando-pan-weiditz-trachtenbuch-103-104-1530s Fig 02. Mourisco transportando pão. Trachtenbuch, de Christoph Weidiz. 1530s.

Os socos (patten) subsistiram pelo menos até ao século XIX. Vários pintores os incluíram nas suas obras. Por exemplo, Albrecht Durer, Hans…

Ver o post original 43 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.