Jota Mombaça (1991-) — escamandro

“todas as cidades são inóspitas”, meu amor soterram eu y tú y elx mombaça, ciborgue no i-mundo em natown, cidade alagadiço fronteiriça; a pior cidade baldo desde drésden elx atravessa o poema corpo-colônia em hellcife, cidade alagadiço fronteiriça; a pior cidade baldo desde drésden elx desrritorializa o poema gordopass em cempausycinzas, cidade alagadiço fronteiriça; a […]

via Jota Mombaça (1991-) — escamandro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.