Uganda: Governo Impede Parada Do Orgulho LGBT

esQrever

O Governo do Uganda, mais uma vez, ameaçou activistas LGBT que seriam presos se organizassem e participassem numa parada de Orgulho ou qualquer outro evento com temática LGBT.

Simon Lokodo, ironicamente, Ministro de Ética e Integridade do Governo do Uganda afirmou publicamente que o evento do Orgulho LGBT infrinja Código Penal do país que proíbe sexo gay e a promoção do mesmo.

Pior ainda, o próprio Ministro relaciona o activismo gay meramente com atos de pedofilia e prostituição. O Ministro afirmou à AP (Associated Press):

Estamos cientes de que existem incentivos, incluindo dinheiro, a ser oferecido aos jovens para promover a prática [homossexual].

Simon Lokodo ainda referiu que esta medida é apenas para não promover a homossexualidade no Uganda, sendo que, segundo ele, não promove a violência contra a comunidade LGBT.

Afirmações destas são ditas num período em que no Uganda se tornam cada vez mais…

Ver o post original 220 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.