O peso da beleza.

oblogmenoslidodomundo

F não namora há anos. Dá a entender que gostaria de voltar a namorar. Empolga-se com uma garota, mas logo desiste – ou, por outro motivo qualquer, a relação não vai para frente. Recentemente, a gente se encontrou em uma festa e falei de uma amiga que talvez combinasse com ele. F logo me perguntou se eu tinha fotos dela. Por acaso, eu tinha algumas e as mostrei. Notei que F não se entusiasmou. “Bonitinha”, limitou-se a dizer.

D estava na mesma festa, onde o vi aos beijos com uma garota várias vezes. Pareciam dois namorados na pista de dança. A certa altura, encontrei D sem a jovem. Perguntei onde ela estava, e ele me respondeu, com ar de desdém, que não tinha ideia. Quis saber se ele não estava interessado nela. “Não. Gordinha”, ele me disse.

aph-large-900x900 Estátua da deusa grega Afrodite.

Em poucas horas, dois amigos (o segundo não…

Ver o post original 830 mais palavras

As hidrelétricas e o rio

Lúcio Flávio Pinto

Em 30 de setembro deste ano o rio Madeira atingiu a sua cota mais baixa na última década, quando seu nível baixou para 1,98 metros. Na segunda-feira passada suas águas subiram um pouco, para 2,07 metros, o que caracteriza um dos períodos de maior estiagem de todos os tempos. São sete metros abaixo do mesmo período do ano passado. A situação mais crítica está em um trecho de 400 quilômetros, entre Porto Velho, a capital de Rondônia, e Manicoré, no Amazonas.

Segundo o Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial do Estado do Amazonas, o problema decorre da falta de chuvas, da ausência de dragagem para remoção dos sedimentos e do barramento das usinas hidrelétricas de Santo Antônio e de Jirau, em Rondônia, que reduziu a vazão de água.

Os transportadores pressionam para maior liberação de água através das comportas das barragens das duas usinas, das maiores do Brasil. O sindicato…

Ver o post original 467 mais palavras

Desencantamento processual do mundo

Trópicos Frasais

Quantos são os domingos em que tudo para?
Nenhum.
A vida é um processo automatizado:
Quando se para, se deixa de existir.

Substituíram o busto de um dos heróis da elite
Era uma catraca.
{{Uma afronta.}}

Foram tempos difíceis aos produtores de sonhos.
Fazer sonhar junto um sonho em que não é seu – que falácia.
Agora consumimos os sonhos.
Estamos mais egoístas.
O seu sonhos já não é mais suficiente.

Trinta e um anos
Ninguém parece entender
Vinte e cinco anos
Ninguém entende.

Eles não falarão mais por nós.
Eles estão em Nova York,
Em turnê internacional.
Aos beijos, no cartaz do cinema,
Foram silenciados.

Esqueceram da dignidade da pessoa humana.
Do Leviatã, deus mortal.

O cartaz dizia: “Vem pra rua!”
Era a projeção das vozes do mundo,
Um susto a quem estava adormecido.
Ao menino de 2013 chamavam anarquista.

Encontrou os amigos.
Saiu às ruas sem sentido ou…

Ver o post original 200 mais palavras

Blotting out the Neighbours

“It’s not that I don’t get on with my neighbours but…..” This is the standard response I always get whenever I ask about that unmentionable ‘P’ word…. PRIVACY. You see, privacy is the number one concern among around 90% of my garden design clients. After all, nobody wants to live life in a goldfish bowl  do they? Here trellis blots out the neighbours:

kuy

When we moved into our house my neighbour didn’t like it that we were intent on putting up taller fences to create a bit of seclusion. ” No matter where you go I will always be able to see you!” was the threat. But now, with 6 foot tall fences ( the legal limit), close weave trellis, trees, pergolas, tall shrubs , palisades and climbers , we are cocooned in our own secret little garden, safe from prying eyes.

vgt

I always maintain that everyone should be able…

Ver o post original 650 mais palavras

Creative Patterns with Folded Paper

ALK3R

Gunjan Aylawadi‘s creations look like fabric but are in fact carried out with paper that is folded and meticulously attached with threads. This artist who grew up in India before moving to Australia explores craft traditions from any country in order to draw her inspiration and give life to pretty and complex mosaics in which motives wave with grace.

Ver o post original