O híbrido humano/objeto

Jornalismo e Dispositivos Móveis

Como já foi abordado em outras oportunidades neste espaço, a produção de conteúdos (sobretudo imagens) pelos dispositivos móveis vem trazendo profundas mudanças na difusão de notícias.

Nesta postagem, será abordada a relação de hibridismo que nasce a partir do momento que o cidadão passa a usar o seu celular inteligente como ferramenta actantena rede.

Citando o embate existente entre os defensores e opositores do porte de armas, Latour (ANO) apresenta os argumentos materialista e sociológico, atribuídos respectivamente aos opositores e defensores do porte, para ilustrar o quão complexa é a relação entre homem e objeto.

“‘Armas matam pessoas’, é o slogan daqueles que procuram controlar a venda livre de armas de fogo. A isso replica a National Rifle Association (NRA) com outro slogan: ‘Armas não matam pessoas; pessoas matam pessoas’. O primeiro é materialista: a arma age em virtude de componentes materiais irredutíveis às qualidades sociais do atirador. (…)…

Ver o post original 434 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.