Bloqueio dos EUA causou prejuízo bilionário a Cuba mas não atingiu objetivo principal

rsurgente

As medidas punitivas contra a ilha começaram poucas semanas depois do triunfo da Revolução Cubana, em 1959. Objetivo principal era derrotar o processo liderado por Fidel Castro. Bloqueio viu a aposentadoria de Fidel, mas não sua derrubada. (Foto: CubaDebate) As medidas punitivas contra a ilha começaram poucas semanas depois do triunfo da Revolução Cubana, em 1959. Objetivo principal era derrotar o processo liderado por Fidel Castro. Bloqueio viu a aposentadoria de Fidel, mas não sua derrubada. (Foto: CubaDebate)

No dia 26 de outubro, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) votou, pela 25ª vez, a resolução pedindo o fim do bloqueio econômico, comercial e financeiro imposto pelos Estados Unidos contra Cuba há mais de 50 anos. Como ocorreu em anos anteriores, a resolução foi aprovada quase por unanimidade: 191 votos a favor e duas abstenções: Estados Unidos e Israel. Essas abstenções foram uma novidade. Foi a primeira vez que os EUA e seu mais fiel aliado deixaram de votar favoravelmente à manutenção do bloqueio, decisão que representou mais um passo na direção da normalização das relações entre Washington e Havana. Em dezembro de 2014, o presidente Barack…

Ver o post original 1.160 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.