Saúde, cidades e natureza

saude-pessoas-cidades-naturezapublicado primeiro no portal Conexão Planeta em 23 de março de 2016

Mais de 54% da população mundial vive em áreas urbanas, de acordo com dados de 2014 divulgados pela ONU. Estes ambientes onde se formaram as cidades foram ocupados, no principio, devido a boa qualidade ambiental, condições mais favoráveis para a vida humana. No entanto, a superpopulação, somada ao adensamento e à ocupação desordenada levaram as cidades a situações extremas de desequilíbrio e baixa qualidade de vida.

Entre os diversos aspectos que promovem este cenário nos grandes centros urbanos é a ausência de áreas verdes e naturais.

É verdade que, com o tempo, as pessoas se identificam cada vez mais com seus aparelhos eletroeletrônicos – celular, televisão, automóvel e caixas de concreto -, e nem percebem que estes não são os melhores companheiros para uma vida saudável. Mas é a natureza, em sua plenitude, com áreas de mata ciliar

Ver o post original 1.402 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.