O tabu

BLASFÉMIAS

Há umas almas que gostam de levar pancada. Há outras que gostam de dar. Presumo que algumas acumulam ambos os gostos. Fizeram-se filmes e livros dando conta dessa, escrevia-se, forma ousada e despida de preconceitos de viver a sexualidade.

Há outras que discutem a dicotomia homem-mulher e por via disso entendem que toda a humanidade os tem de acompanhar nessa fluidez das classificações.

Há os poliamor. Os bígamos. Os dos encontros às cegas…. E todos muito reivindicativos dos seus direitos quendo não da superioridade da sua opção ou circunstância.

Temos apenas um tabu: os homossexuais não podem deixar de ser homossexuais e pedir ajuda para isso.À partida esse propósito  não me parece muito razoável e duvido muito da credibilidade do que se define como ajuda para esse fim. Mas é um completo absurdo a fúria inquisitorial que se abate sobre este assunto.

Ver o post original

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s