Criança precisa de limite.

ANTES QUE ELES CRESÇAM

Domingo, a gente almoçando num restaurante onde a sobremesa era à vontade, meu filho (10 anos) fala: mãe vem comigo, você é o meu limite. Enquanto ele falava essa frase, fazia duas linhas retas com as mãos. Marcando o limite.

Nessa hora eu lembrei uma das coisas que tinha aprendido no curso de Psicanálise “Mãe é o continente, é a nossa terra natal” (Winnicott). Continente é aquilo que contém e dá limites.

Outro dia eu terminando de preparar o jantar, mas sentindo um calor danado e na verdade sem nenhuma vontade de comer (esse horário de verão…) falo para a minha filha: “Vai tomar banho agora, ou toma depois do jantar. Você que sabe.” Para quem não sabe, esse é um errinho clássico que fazemos. Dar opções para as crianças. Sinceramente, eu quase nunca dou, mas nesse dia aconteceu. Do nada, ela que estava super calma, sentou no…

Ver o post original 694 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s