O Vale do Silício à beira da crise: o problema capitalista das “start-ups” ou o estouro da manada de unicórnios

LavraPalavra

Por Antonio Balmer Monday, via Marxist.org, traduzido por Gabriel Landi Fazzio

Diz-se que um homem à beira do precipício não raciocina. A economia global está cheia de penhascos, sendo o setor tecnológico do Vale do Silício um dos mais íngremes, e os seus responsáveis podem ser ouvidos conversando nervosamente sobre… um eminente estouro da manada de unicórnios. Para aqueles não iniciados na linguagem orwelliana do Vale do Silício e seus círculos empresariais, seria fácil confundir tal conversa com os delírios de um lunático. Mas esse termo veio a descrever o principal perigo que ameaçava devastar o setor de tecnologia em uma repetição cataclísmica da bolha “ponto com” de 1999.


Criaturas míticas e capital fictício

O termo “unicórnio” descreve uma start-up privada, financiada com investimentos de risco, com uma avaliação extremamente alta: mais de $1 bilhão – algo que há poucos anos era considerado tão raro quanto cruzar caminhos com…

Ver o post original 1.539 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s