Fifty-Word Review: Greenhouses, Lighthouses by Tung-Hui Hu

O at the Edges

Tung-Hui Hu’s Greenhouses, Lighthouses highlights lyrical precision in poems that bounce between such diverse launching points as photographic sequences, Euripedes, union slogans, woodcuts and even an historical seaman’s guide. His language placates and challenges, whispers, cajoles and insinuates, and overflows with layered possibilities and nuance. You must read his work.

This first appeared in January 2014.

photo(10)

Ver o post original

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s