Poética prejudicial

Poesias de Mãos que Sentem

Resultado de imagem para imagens de André Kohn

Canal: Hayden Clement

Resultado de imagem para imagens de André Kohn

Canal: rezniknow

ANÁLISE

bebe vinho

bebe ontem

bebe desilusões, oikos

bebe desilusões, ergasía 

bebe desilusões, agápi

kefáli enorme

“Me interesso apenas por seus poemas”

soma, desprezado

Cabeça sem corpo

vagando na imensidão

Valoração de corpóreos êxtases outros,

jamais sorvidos na taça da bandeja vermelha.

ânthropos não vê omorfiá, palatável, em lirismos

gynaika é érossoma, nada de psichí .

Maus-tratos, ofensas, afrontas

revelações cruéis

escárnios de ocasião

depreciação pública

comparação pública

explicitação pública

defenestração clara.

Desumanidade.

Resultado de imagem para imagens de André KohnResultado de imagem para imagens de André KohnSÍNTESE

não mais Minas

não mais crianças

não mais horas

não mais rosas

não mais rios matos cachoeiras

o céu é nuvem nuvem nuvem

o ar é rarefeito rarefeito rarefeito

o toque é mistificação

a melodia é não mais

a imagem é não mais.

Àquela fêmina, chance

Aquela fêmina é “doce” onça de saboreio insubstituível.

Todos amam, todos querem, todos chamam de “my love’.

No sertão, Love Story

Ver o post original 34 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s