Vaca profana

ÁGORA

Vaca profana põe teus cornos
pra fora e acima da manada
(Vaca profana, Caetano Veloso)

Nasci em 1954, logo tenho 62. Isso é tão incontestável quanto o fato de que minha história pessoal se confunde com o que aconteceu no mundo desde então. Não importa, sequer, se  me interessei ou não pelos mesmos mas, sem dúvidas, a minha vida, a dos demais e a do planeta foram influenciadas pelos mesmos, mesmo que indiretamente.

Contudo, a distância e a impossibilidade factual de tomar algum tipo de decisão sobre o que ocorreu e que me afetou e aos demais é algo que fica turvo, enevoado; mesmo a leitura, nem sempre coesa e melhor dos fatos, igualmente merece reparos. Para o comum dos mortais, homem envolvido em suas negociações do dia a dia cabe tão-só uma apreciação superficial das pautas midiáticas e essa é a base para suas opiniões e  fazeres alimentados pelo establishment e pelo senso comum…

Ver o post original 356 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s