Não há noites sem lua

ÁGORA

Não há noites sem lua,

nem palavras sem significados

Sem sentido muitas vezes somos nós (e é bom!)

A uniformidade é chata

Esperamos o mocinho que nos salvará,

como em um filme de cowboy

(existem ainda filmes de cowboy?)

Se o herói não nos encontrar em tempo

Consolemos-nos olhando as noites e aguardando

Os luares seguintes

HILTON BESNOS

Ver o post original

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s