O adeus de Fidel e o futuro da aproximação entre os EUA e Cuba.

Dinâmica Global

Pode-se esperar que um longo período de luto aconteça em Cuba e que seu funeral verá o registro de muitos líderes mundiais, incluindo o presidente Obama. O líder norte-americano provavelmente aproveitará a ocasião para promover a aproximação com Cuba, provavelmente fazendo comentários positivos e otimistas sobre a vida e o legado de Castro, a fim de promover sua agenda de conquistar o apoio dos ilhéus.

Embora o presidente eleito Trump possa tentar ajustar alguns dos detalhes mais finos relacionados à agenda cubano-americana, principalmente para levar adiante sua promessa de campanha ao importante eleitorado cubano anticomunista da Flórida, não parece que ele vai totalmente reverter a iniciativa do seu antecessor. Isso porque Raúl Castro provavelmente será muito mais flexível às exigências dos EUA do que quando seu irmão ainda estava vivo.

Não se deve esquecer que Fidel esperou um tempo misteriosamente longo para comentar a reaproximação entre os EUA e Cuba…

Ver o post original 1.720 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s