Conto Budista: “Impermanência acontece”

Portal do Budismo

e8962651f2bb23ad967eb139772cda0c

Um homem ia todos os dias de manhã cedo para o seu campo onde cultivava e enriquecia o seu espaço com legumes e frutas exóticas. Perto do seu local, existia o primeiro caminho pavimentado da sua terra, que parecia deslocado tendo em conta a abundância de natureza que existia em seu redor. Um dia, ao deslocar-se para o seu campo, notou que uma flor brotava no pavimento,  mesmo perto do onde se cruzava com esse caminho.  Todos os dias apreciava o crescimento,  até que dela saiu uma linda flor com um tom avermelhado. Era o reflexo de que a mudança que havia existido com a construção daquele caminho não impedia a natureza de florescer novamente. Aquela mudança de modernidade era negativa para a natureza, mas aquela flor dava esperança. Com o passar do tempo, o homen foi sempre apreciando a sua beleza. Até que chegou ao dia em que construíram…

Ver o post original 132 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s