Lisboa, uma galeria de arte urbana

Estúdio Fonseca Monoart

Lisboa tem suas belas fachadas cobertas de azulejos, mas também pela arte urbana. Em um simples passeio pelo centro ou pelos bairros históricos somos surpreendidos por verdadeiras obras de arte.

Alguns artistas locais, como Vhils e Bordalo II, têm obras por todo o mundo. Vhils é conhecido por esculpir rostos em fachadas, enquanto Bordalo II cria arte a partir de lixo. Vhils, cujo verdadeiro nome é Alexandre Farto, é hoje um dos grandes nomes da arte urbana e um dos primeiros rostos que esculpiu em Lisboa encontra-se escondido na Travessa das Merceeiras, a poucos metros do Hotel Memmo Alfama. O artista prestou homenagem à fadista Amália Rodrigues, usando a tradicional calçada portuguesa. É uma obra de 2015, situada na Calçada do Menino de Deus.

vhils-pixel-pancho-e1480429404174

No mês de outubro, Lisboa recebeu o maior mural de azulejos da autoria de André Saraiva. Artista de origem portuguesa, conhecido no meio artístico e da…

Ver o post original 547 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s