Que coisa era o amor para que eu o amasse assim?

O Outro Lado

que-coisa-era-o-amor-para-que-eu-o-amasse-assimO amor é escrever-me, transcrever-me, traduzir-me, colocar-me. É pegar em mim, e pôr-me ao mesmo tempo dentro e fora de mim; e reconhecer outra pessoa, trazê-la, reescrevendo-a, e pô-la dentro e fora de si, e tudo se encontrar. E o tempo? O tempo no tempo. E o lugar? O lugar no lugar.
Mas isso mata – pensei eu.
Sim, isso mata – respondi. – Isso queima as mãos, e mata verdadeiramente.

Herberto Helder
*imagem: Tumblr

Ver o post original

Poirot por Sophie Hannah | Caixão fechado

"O mundo das coisas ao meu redor..."

51wvyzx0vyl-_sx376_bo1204203200_

Sinceramente, eu não esperava que os herdeiros de Agatha Christie encomendassem a Sophie Hannah uma segunda aventura com Poirot. Obviamente, fui ingênua. O ineditismo de Os crimes do monograma (já comentado aqui), serviu de estímulo para uma segunda empreitada envolvendo o maior detetive de Agatha Christie. Mesmo bastante surpresa com a notícia, fui atrás do livro.

A leitura de Caixão fechado foi mais positiva do que a d’Os crimes do monograma. Provavelmente, tive essa impressão pelo fato de, dessa vez, Sophie ter arquitetado uma trama mais plausível. Frágil, porém mais plausível do que o enredo de sua primeira aventura com Poirot.

Desta vez, a milionária Athelinda Playford convida algumas pessoas para um fim de semana em sua propriedade, entre eles, Poirot e Catchpool. Logo de início, já são dadas as pistas de que os investigadores estão entre os convidados com o objetivo de impedir um assassinato…

Ver o post original 574 mais palavras

Nós não, Eu.

LavraPalavra

Por Jodi Dean, via Verso Books, traduzido por Anna e Oleg Savitskaia

Desde a vitória de Trump sobre Hillary Clinton nas eleições presidências dos Estados Unidos, os comentários liberais têm se preocupado obsessivamente com o problema da política de identidade. Igual à língua que toca incessantemente no dente dolorido, essa preocupação localiza o problema, mas não o aborda. Nem sequer o analisa. Ela não nos diz nada sobre o apelo da identidade, sobre vinculações a ela, sobre investimentos nela. Na melhor das hipóteses, os comentários liberais (como o que apareceu no New York Times) repetem críticas conservadoras ao politicamente correto, censurando-as com condescendência erudita. 


O slogan mais proeminente da campanha de Clinton foi “Eu estou com ela”. O “Eu” do slogan é o eleitor. O “ela” é Clinton. O slogan é a declaração do eleitor de que ele está votando não especificamente em Clinton, mas em uma mulher. O eleitor…

Ver o post original 1.693 mais palavras

AS 9 CIDADES MAIS BARATAS PARA MORAR NA EUROPA.

oterceiroato

“Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos.” Eduardo Galeano

Embora os salários mudem pela Europa, alta remuneração não representa necessariamente a possibilidade de obter-se um alto padrão de vida. Segundo uma pesquisa do site Glassdoor, é possível ganhar menos e morar melhor – em cidades que oferecem esse equilíbrio devido ao baixo custo de vida. Para descobrir quais são estes locais, o site analisou a relação entre o valor médio dos salários pagos em diversas cidade européias com diversos custos respectivos, como cesta básica, aluguel, restaurantes, transporte, utilidades, entre outros. Ficou curioso? Confira abaixo as 9 cidades européias mais baratas para se viver:

  1. Tartu, Estônia

morar-europa-tartu

Considerada a “capital intelectual” da Estônia por possuir a mais antiga e renomada universidade do país, a Universidade de Tartu. É a segunda maior cidade estoniana.

  1. Porto, Portugal

morar-europa-porto

Segundo dados da Glassdoor, a segunda maior cidade de…

Ver o post original 182 mais palavras

Hackers de openSUSE: Dominique Leuenberger

victorhckinthefreeworld

La comunidad de openSUSE se compone de muchos usuarios y usuarias que de manera voluntaria se dedican a crear y mantener los distintos aspectos de la distribución de GNU/Linux openSUSE ¿Quieres conocer a las personas que hay detrás del nick?

people

Desde hace unos años en openSUSE han realizado una serie de entrevistas a la gente que forma openSUSE. Hackers de muchas nacionalidades, aspectos y pensamientos que se unen para dar forma a openSUSE aportando cada cual en su campo.

Administradores de sistemas, programadores, empaquetadores, mantenedores, traductores, artistas, simples usuarios, creadores de contenido, márketing, etc… Algunos/as de estos son profesionales en esas áreas, y otros/as simplemente colaboran de esa manera por simple placer de contribuir, aprender y hackear.

Cada cual aportando en su campo, cada cual aprendiendo y dando lo mejor de sí para hacer de openSUSE una de las mejores distribuciones de GNU/Linux. ¿Quieres conocer a la persona que está…

Ver o post original 1.333 mais palavras

Movimentos do campo lançam manifesto contra a reforma da previdência

Grito na Luta

Movimentos e organizações camponesas lançam um manifesto contra a reforma da previdência do governo golpista de Michel Temer.

De acordo os movimentos, os impactos dessa reforma serão tremendos e exigem que o governo apresente publicamente as contas da seguridade social para justificar as mudanças. “Isso comprovaria a fraude que essas representam.”

O manifesto ainda denuncia o golpe e o controle do Estado Brasileiro pelo Congresso Nacional, o Poder Judiciário e a Globo que seguem a lógica de exploração máxima dos trabalhadores.

“Lutaremos em todos os cantos do Brasil, com todos os nossos meios de pressão e em todas as instâncias contra a aprovação desta lei e vamos cobrar de todos os deputados e senadores que receberam votos das famílias agricultoras para que rejeitem o projeto de lei que golpeia duramente quem alimenta o país”, finaliza manifesto.

Confira abaixo na íntegra.

MANIFESTO DOS MOVIMENTOS DO CAMPO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Ver o post original 775 mais palavras