Efeito Orloff: Espírito Santo de hoje é o Brasil de amanhã

Luíz Müller Blog

Por Paulo Moreira Leite

Num país que acaba de aprovar a PEC do gastos públicos, que proíbe — por 20 anos — toda elevação de despesas acima da inflação do ano anterior, o colapso do sistema de segurança do Espírito Santo é uma amostra da tragédia anunciada que  Michel  Teme reserva aos 206 milhões de brasileiros.

O desmonte da Policia Militar, que expôs a população à crueldade dos criminosos do Estado, tem sua raiz no programa de austeridade do governo Paulo Hartung, uma espécie de Henrique Meirelles antes da hora.

Queridinho de plantão da TV Globo, que sempre assegurou um tratamento generoso aos ataques contra os serviços públicos, garantindo ao governador um cobertura de grande estadista, Hartung marcou sua gestão por um corte de R$ 1,3 bilhão no orçamento. Mesmo assim, desmentindo as previsões mais elementares, conseguia ser apontado como exemplo de que é possível reduzir gastos sem sacrificar os…

Ver o post original 385 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.