POEMA LIVRE: Três poemas de Nil Kremer

LOID

Seated Woman at the Window, de Nel Deurinckx (1915) Seated Woman at the Window, de Nel Deurinckx (1915)

a anedota atravessa a rua
com ar solícito
e roupa verde abacate
ostenta estrelas engomadas no peito
e coturnos engraxados
usa boina, a anedota
tem marcha, mancha de vencedor
opressor com alvará
postura de ganhador da megassena
grave anedota
mais um mortal pra frota de formigas
com síndrome de gigantismo

meu grão é doutra parte
marciano grão com crinas ao vento
costas embebidas em mel
e um carrossel de peixes tatuado

meu grão é doutra parte
tem olhos de chuva e pagã maresia
turva janela de onde se colhe maçãs

meu grão é doutra parte
cômodos descalços onde se pisa areia
decadente veia
em que o mar tem o som de violinos anunciando tempestade

meu grão é doutra parte
uma catedral em transe
insone catedral com vitrais em chamas

que eu não me cure
do…

Ver o post original 57 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.