Como a Holanda se tornou um país de ciclistas – Nexo Jornal

Investimentos em infraestrutura, educação e na legislação fazem do país um dos melhores, senão o melhor, lugares do mundo para se pedalar. Priorizar as bicicletas é a política pública local desde a década de 1970

Fonte: Como a Holanda se tornou um país de ciclistas – Nexo Jornal

Pudins de banana

O Retiro do Sossego

Pudins de banana pudins-de-banana-2

8 pessoas

Ingredientes

  • 2 bananas
  • 1 lata de leite condensado
  • 0,5 dl de leite evaporado
  • 8 folhas de gelatina
  • Molho de chocolate, rodelas de banana e amêndoa laminada q.b.

Preparação

Demolhe a gelatina em água fria. Descasque as bananas e triture-as juntamente com o leite condensado. Adicione o leite evaporado e misture bem até obter um creme homogéneo. Retire quatro colheres de sopa de preparado anterior e leve a lume brando com as folhas de gelatina escorridas. Mexa até se dissolverem. Adicione ao creme de banana e envolva bem. Passe por água as pequenas formas de pudim; preencha-as com o preparado e leve-as ao congelador, até ficar sólido. Desenforme e sirva os pudins decorados com o molho de chocolate, as rodelas de banana e amêndoa laminada.

PARA O MOLHO DE CHOCOLATE

Leve ao lume 1,5 dl de natas e deixe ferver. corte 130 g de chocolate em…

Ver o post original 19 mais palavras

DCM: E se Temer vigiasse os amigos como vigia a mulher? | Brasil 24/7

“Foi escalada uma equipe gigantesca de seguranças para fazer o reconhecimento e a proteção do local” onde os Temer passam o carnaval, na Base Naval de Aratu, na Bahia, destaca o jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo; “E se ele tivesse com esses antigos companheiros o mesmo zelo que demonstra para com a mulher? E se eles fossem vigiados como ela? E se tivessem que apresentar o mesmo decoro?”, pergunta ele

Fonte: DCM: E se Temer vigiasse os amigos como vigia a mulher? | Brasil 24/7

Tabapuã Papers é suruba com Temer e Globo | Brasil 24/7

Um dos fatos estranhos sobre essa empresa é que o presidente Michel Temer omitiu ser seu proprietário na declaração de bens como candidato na eleição de 2010, quando se tornou vice-presidente da República na chapa de Dilma Rousseff

Fonte: Tabapuã Papers é suruba com Temer e Globo | Brasil 24/7

Você não é maluca

Amor crônico

mulher2

Mulheres são constantemente chamadas de loucas, histéricas, malucas, descontroladas, desequilibradas, descompensadas. Isso faz com que muitas de nós acreditem nisso e aceitem esses adjetivos como verdadeiros. Inclusive de seus companheiros. Mas hoje estou aqui para dizer que não, você não é maluca. E você não está sozinha.

Uma amiga minha, que nunca foi ciumenta, tem brigado com o marido constantemente. Por ciúmes. Os motivos? Ele anda chegando tarde constantemente, aproveita as folgas para ficar com os amigos e não com ela, em uma festa deu mais atenção para amigas que ela nem sequer conhecia e tem adicionado um número cada vez maior de amigas nas redes socais.

Acredito que ninguém iria gostar de ver fotos do namorado/marido/noivo nas redes sociais em diversos eventos com pessoas desconhecidas e, para piorar, sem adicionar na timeline impedindo que as publicações sejam vistas. Nem tampouco ia achar razoável não ser apresentada aos amigos dele…

Ver o post original 292 mais palavras

Macbeth Macunaíma

Oficina de Concertos Gerais e Poesia

Vivemos tempos velozes onde tudo que é sólido se desmancha no ar.

macbeth

Há uma personagem que sempre me encantou – Macbeth. Sua grandeza trágica, patética, sua capacidade de trair para alcançar o poder e sua destruição pelas mesmas forças que o levaram até o poder.

A ambição como a dama da tentação: “quando ousaste desejar, foste um homem”.

E as mesmas bruxas a profetizar a derrota final no sortilégio das palavras com que anunciam a glória iminente e certa.

Poucos o representaram tão bem nos tempos velozes que vivemos no Brasil quanto o ex-ministro Joaquim Barbosa.

Mas o Brasil está pródigo em parir um Macbeth Macunaíma a cada queda de um anterior e a pô-los em luta de morte pelo trono, uns contra os outros.

Não me refiro a Michel Temer – traidor, sem dúvida, mas desprovido de qualquer traço de grandeza que o habilitasse ao papel.

Macbeth Macunaíma…

Ver o post original 202 mais palavras

The Seven Deadly Sins of Prologues—What Doesn’t Work and What Does

Kristen Lamb's Blog

screen-shot-2017-02-27-at-9-10-47-am

We writers have a vast array of tools at our disposal to craft stories readers will love. But like any tool, it helps if we know how to use it properly. Theme is wonderful. It can keep us plunging a story’s depths for years when used correctly. Applied incorrectly? It just makes a story annoying and preachy.

Description! Love me some description! But pile on too much and we can render a story unreadable.

The same can be said of prologues. Now, before we get into this, I want to make it clear that certain genres lend themselves to prologues. But even then, we are wise to make sure the prologue is serving the story.

So, to prologue or not to prologue? That is the question.

The problem with the prologue is it has kind of gotten a bad rap over the years, especially with agents. They generally hate them…

Ver o post original 1.776 mais palavras