para pensar… 

Perguntaram a Jalal ad-Din Muhammad Rumi, mestre espiritual persa do séc. XIII:
O que é veneno?

– Qualquer coisa além do que precisamos é veneno. 

Pode ser poder, preguiça, comida, ego, ambição, medo, raiva, ou o que for.
O que é o medo?

– Não aceitação da incerteza.

Se aceitamos a incerteza, ela se torna aventura.
O que é a inveja?

– Não aceitação do bem no outro.

Se aceitamos o bem, se torna inspiração.
O que é raiva?

– Não aceitação do que está além do nosso controle.

Se aceitamos, se torna tolerância.
O que é ódio?

– Não aceitação das pessoas como elas são. 

Se aceitamos incondicionalmente, então se torna amor.
O que é maturidade espiritual?
1. É quando você para de tentar mudar os outros e se concentra em mudar a si mesmo.

2. É quando você aceita as pessoas como elas são. 

3. É quando você entende que todos estão certos em sua própria perspectiva.

4. É quando você aprende a “deixar ir”.

5. É quando você é capaz de não ter “expectativas” em um relacionamento, e se doa pelo bem de se doar.

6. É quando você entende que o que você faz, você faz para a sua própria paz.

7. É quando você para de provar para o mundo, o quão inteligente você é.

8. É quando você não busca aprovação dos outros.

9. É quando você para de se comparar com os outros.

10. É quando você está em paz consigo mesmo.

11. Maturidade espiritual é quando você é capaz de distinguir entre ” precisar ” e “querer” e é capaz de deixar ir o seu querer.

E por último, mas mais significativo!

12. Você ganha maturidade espiritual quando você para de anexar “felicidade” em coisas materiais!

Resposta

WansSpiess

Resposta

Skank

Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou pra trás
Também o que nos juntou

Ainda lembro
Que eu estava lendo
Só prá saber
O que você achou
Dos versos que eu fiz
E ainda espero
Resposta

Desfaz o vento
O que há por dentro
Desse lugar
Que ninguém mais pisou

Você está vendo
O que está acontecendo
Nesse caderno
Sei que ainda estão

Os versos seus
Tão meus que peço
Nos versos meus
Tão seus que esperem
Que os aceite

Em paz eu digo que eu sou
O antigo do que vai adiante
Sem mais eu fico onde estou
Prefiro continuar distante

Bem mais que o tempo
Que nós perdemos
Ficou pra trás
Também o que nos juntou

Ainda lembro
Que eu estava lendo
Só pra saber
O que você achou

Dos versos seus
Tão meus que peço
Dos versos meus
Tão seus que esperem
Que…

Ver o post original 156 mais palavras

Dissolving Illusions 

Syl65's Blog


Among the ruins

Beauty found

The seed to rebuild anew

Breathing new life into a deflated sky

Pumping new blood through the veins of the day

Resolve tested

Dissolving illusions

Concrete thoughts poured to lay a new foundation

Blessed are the poor at heart

Baptism of this new birth

The rain comes and washes away the debris

With dirty hands and muddy feet

We toil away

God is not a casual observer

photo courtesy of pixabay

Ver o post original