Mascara Capilar de Chá Verde e Menta, Intea

Favo de Fel

20160510_193837

O calor parece não querer se despedir de nós, né.

Mesmo se o tempo tenta ficar nublado, a sensação de abafamento não desaparece.

E aqui fica uma ótima dica para hidratar e, sem querer, refrescar um pouco a cuca com a maravilhosa máscara capilar de chá verde e menta da marca espanhola Intea.

20160510_193935De início já posso adiantar que o dizer do rótulo “refresca e nutre os cabelos oleosos” resume bem o resultado do produto.

Descobri como um achado fortuito, disposto discretamente numa prateleira da Drogaria São Paulo e por um preço modesto, considerando se tratar de um produto importado, raríssimo de ser encontrado, com bom rendimento e ótimo resultado.

E o interessante é que mesmo que somente os fios sejam emplastrados pelo creme, a refrescância consegue ser notada até mesmo nas raízes.

É mais indicado para cabelos oleosos, mas arrisco dizer que todos os cabelóns podem desfrutar…

Ver o post original 161 mais palavras

Viajemos

CosmonautaLiteraria

large.jpgViaje interestelar, a través del espacio, a través del arte;
donde eres un instante y forjas tu historia con pasión,
un viajecito de la juventud, de los que jamás escapas,
nde la impresión varía al punto de dudar la existencia,
dónde llegas a cuestionarte los por qué de los porque,
haciendo hasta del sufrimiento: lo entrañable, lo real,
un período que es más si lo sabes captar en su totalidad;
tú y yo, en esta paradisíaca esfera que una mente perdurará 
 
para constituir parte de un vídeo, de una gran leyenda,  
una experiencia mágica p é i a ,
un cuento de no acabar,  esos, de un día repentino
que compartes en…

Ver o post original 132 mais palavras

“Sua tristeza não vem da solidão. Vem das fantasias que surgem na solidão.” – Rubem Alves

Título original “A solidão amiga” A noite chegou, o trabalho acabou, é hora de voltar para casa. Lar, doce lar? Mas a casa está escura, a televisão apagada e tudo é silêncio. Ninguém para abrir a porta, ninguém à espera. Você está só. Vem a tristeza da solidão… O que mais você deseja é não […]

via “Sua tristeza não vem da solidão. Vem das fantasias que surgem na solidão.” – Rubem Alves — Sobre fotografia, histórias e afins

Dança cromática

Três sereias: música, dança e cor. Precedidas por uma frase de Omar Calabrese. Mais palavras para quê? “Quanto mais se busca um efeito de verosimilhança, mais se deve recorrer a um máximo de artifício que, aliás, para passar de “norma” a “uso”, requer elevada destreza técnica” (Calabrese, Omar, 1994, Cómo se lee una obra de […]

via Dança cromática — Tendências do imaginário

PSDB será o mais afetado por delações da Odebrecht e lista de Janot | Blog da Cidadania

Não precisa ser muito inteligente pra entender por que os partidos grandes mais prejudicados por denúncias envolvendo empreiteiras foram PT e PMDB: houve seletividade nas investigações. Porém, as delações da Odebrecht e a segunda lista de denúncias Rodrigo Janot ao STF atingirão como uma bomba o PSDB, que ganhou com a lentidão de Janot e do STF, mas que, agora, não tem por onde escapar porque fato novo nessas delações é o envolvimento da tucanada. Duvida? Então espere pra ver.

Fonte: PSDB será o mais afetado por delações da Odebrecht e lista de Janot | Blog da Cidadania

Sobre disponibilidade

tradicionalmente

Quantas vezes você chamou um amigo pra almoçar ou sair e ele não podia? Inúmeras, imagino. E outras inúmeras vezes te chamaram e você é quem não podia ir. Isso é normal. Todo mundo tem um monte de coisa pra fazer e todo mundo tem vontade, às vezes, de não fazer nada.

Cada um mede a vida com uma régua diferente: nosso conceito de atarefado é diferente do dos outros – já que cada vida é diferente da dos outros. Mas eu acho muito importante, pra minha própria sanidade mental, estipular alguns limites.

Sim, todo mundo está sempre “trabalhando muito”, mas ninguém está trabalhando muito o tempo todo, todos os dias, passando meses inteiros sem tempo pra dar um “oi” pra um amigo querido – se ele é querido mesmo.

Sim, “a semana foi muito corrida” pra todo mundo, mas se deu tempo de ver uns viralzinhos no YouTube, de dar uma…

Ver o post original 97 mais palavras

Sociedad Latinoamericana György Lukács: uma excelente ideia

Blog da Boitempo

Por José Paulo Netto.

Esta coluna mensal – espaço propiciado pelos responsáveis pelo Blog da Boitempo e que vem contando com a benevolência dos leitores –, cujo objetivo muito singelo é exercitar uma forma simples, mas séria, de divulgação cultural, seria este mês dedicada a um marxista pouco referido entre nós. Ela teria por objeto a obra e a biografia de G. Politzer, assassinado pela Gestapo, nos arredores de Paris, em 23 de maio de 1942. Mas a conversa sobre Politzer ficará para o próximo mês, substituída pela importância de repercutir uma iniciativa cultural muito relevante.

Ver o post original 1.263 mais palavras

Sobre conquistar a rejeição

Gustavo Serrate

Ouvi isso e traduzi. No final colei a fonte.

Às vezes você se torna inaproximável, por medo de que alguém vai te ferir novamente. Mas então como você quer viver sua vida? Do que você tem mais medo? De ser rejeitado novamente, ou viver sua vida numa caverna?

Não é pior se você imaginar o resto da sua vida sendo covarde, tendo medo, e sendo essa pessoa que não pode se colocar lá fora e acessar outras pessoas? É uma imagem terrível para sua vida, sendo constantemente enfiado num canto, enquanto outras pessoas vão e falam umas com as outras, você fecha num canto por conta de algumas rejeições que você teve.

O que é mais assutador? A possível rejeição de outra pessoa ou se tornar uma pessoa de quem você mesmo não gostaria de estar?

Se você ainda é jovem, você ainda tem o benefício de sentir que você…

Ver o post original 441 mais palavras