Plínio Camillo: Uma vida não questionada não merece ser vivida

LOID

Luiz Gama

A fé não tem olho.” Jesuíno ouviu pela primeira vez quando viu a mãe grávida do padrinho. Quis chorar, gritar e fugir. Com chás e conversas acalmou e ficou esperando a Rosa nascer. E nasceu! Uma bugrinha linda com os lábios da mãe, as mãos do padrinho e as orelhas iguais a dele

“A justiça engrandece a nação, mas o pecado é uma vergonha para qualquer povo.” Quando o padrinho, na cidade lhe mostrou escravos adultos apanhando de crianças brancas. Depois o padrinho parou a surra, xingou os moleques e confortou os surrados

A paz vem de dentro de você mesmo. Não a procure à sua volta.” Quando o padrinho falava para outro pescador depois que descobriram que queriam desviar o rio.

“A retidão será a faixa de seu peito, e a fidelidade o seu cinturão.” Depois do castigo por ter roubado laranjas de…

Ver o post original 462 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.